sexta-feira , Fevereiro 23 2018
Home / Música / Música de 30º dia para Belchior: Medo de avião nº 2(Belchior, Gilberto Gil)

Música de 30º dia para Belchior: Medo de avião nº 2(Belchior, Gilberto Gil)

Cada música tem sua história e é importante o registro histórico do seu autor sobre ela:

“Aceitei imediatamente o convite carinhoso do Gil de fazer uma letra pra ele. Com esse projeto também nós quisemos explicitar uma quebra da linearidade entre letra e melodia, quer dizer, uma peça pode ser montada de diversos modos”. (trecho da fala de Belchior em entrevista)

Gil havia pedido uma letra a Belchior para que ele musicasse e o poeta cearense atendeu ao pedido. Sem saber, Gil fez uma nova melodia para ‘Medo de Avião’ (de Belchior) e Belchior quis que a música se chamasse ‘Medo de Avião II’. Na realidade, é a letra completa de ‘Medo de Avião’ conforme ele disse numa entrevista que guardo. Belchior desfaz a impressão de amargura que muita gente tinha dele e suas músicas. Aqui, pelo contrário, ela esbanja sensibilidade e sensualidade. Ele defendia que uma mesma letra de música pudesse ter várias melodias até para exercitar o talento criativo dos compositores.Música de 30º dia para Belchior: Medo de avião nº 2

Para mim, ‘Medo de Avião II’ é uma das mais belas páginas dessa rica MPB. É a narração poética de um encontro sensual em pleno ar. Saiu no mesmo disco de 1979 em que traz ‘Medo de Avião nº 1’: ‘Era uma vez um homem e o seu tempo’, um dos seus melhores álbuns.

Foi por medo de avião
Que eu segurei pela primeira vez na tua mão
Um gole de conhaque, aquele toque em teu cetim
Que coisa adolescente, James Dean!

Foi emoção comum daquela que arrepia a pele
E leva as mãos há pouco indiferentes
A correr pelas sedas, pelos cílios, pelos belos
Pêlos virgens de lâminas e pentes
Brilham teus grandes lábios e teus dentes! (Bis)

Foi por medo de avião
Que eu segurei pela primeira vez na tua mão
Não fico mais nervoso, você já não grita
E a aeromoça, sexy, fica mais bonita!

Não foi a força bruta da beleza
Nem o vigor cruel da mocidade
E sim dois animais em paz com a natureza
E sim dois corpos objetos sensuais
Contra a lei da gravidade…
Nós nem pensamos na felicidade! (Bis)

Foi por medo de avião
Que eu segurei pela primeira vez na tua mão
Agora ficou fácil, todo mundo entende
Aquele toque Beatle, ‘I wanna hold your hand’!

Foi por medo de avião…

Depois da morte de Bel (que hoje faz 30 dias), toda a crítica musical se quedou perante o seu enorme talento, um reconhecimento tardio, mas imensamente válido para a memória do grande artista cearense. Pela qualidade da obra que deixou, ele é eterno.

Escute Belchior. Sempre vale a pena!

Por Abílio Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *