sexta-feira , fevereiro 24 2017
Home / RN / Terra volta a tremer no RN; Epicentro ocorreu no município de Pedra Preta

Terra volta a tremer no RN; Epicentro ocorreu no município de Pedra Preta

Tremor de terra sentido em Natal teve epicentro em Pedra Preta

Informação foi confirmada pela UFRN.

Terra volta a tremer no RN; Epicentro ocorreu no município de Pedra Preta
Abalo foi sentido em Natal e várias cidades do Estado.
O Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) confirmou aoG1 que o tremor de terra sentido pelos potiguares na manhã desta sexta-feira (25) teve epicentro no município de Pedra Preta, a 149 quilômetros de Natal. De acordo com o técnico Eduardo Menezes, ele ocorreu  em uma região conhecida como Cabeço Preto, ao norte do município.

Apesar de ainda não saber precisar a magnitude do abalo, ele afirmou que este deve ter sido o mais forte que já aconteceu na região, uma vez que foi sentido em várias cidades, inclusive na capital potiguar.

 

Relatos

Moradores de diferentes regiões de Natal relataram nas redes sociais um tremor de terra sentido na manhã desta sexta-feira (25). O deputado estadual Fernando Mineiro postou “Terra treme em Natal?”. A jornalista Juliska Azevedo publicou “Alguém ai sentiu a terra tremer há pouco? O espelho em casa balançou, e não havia vento”. O jornalista Ailton Medeiros relatou “estava no banheiro e senti meu prédio balançando. Moro numa cobertura em Ponta Negra! Sensação arrepiante e assustadora!".

A professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN), Cristina Cavalcanti, relatou "tremor de terra em João Câmara é sentido em Natal-RN…". O município de João Câmara fica a 75 quilômetros da capital potiguar.

A internauta Luana Ferreira publicou "Tremor de terra aqui no Barro Vermelho (há uns dez minutos)". Ana Adalgisa Dias também relatou o tremor nas redes sociais. "Acabei sentir um balanço no prédio…. Leve tremor da terra.. Será? Alguém sentiu?", escreveu.

Nesta quinta-feira (24), um tremor de terra com magnitude 3 foi registrado pelo laboratório de Simologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em Pedra Preta, a 149 quilômetros de Natal. O abalo aconteceu por volta das 21h35 desta quarta-feira (23).

Do G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.