quinta-feira , fevereiro 23 2017
Home / Esportes / Sebastian Vettel vence GP do Japão e fica a 10 pontos do tetra

Sebastian Vettel vence GP do Japão e fica a 10 pontos do tetra

Sebastian Vettel vence GP do Japão e fica a 10 pontos do tetra

O alemão Sebastian Vettel fez sua parte para tentar conquistar já neste domingo o tetracampeonato do Mundial de Fórmula 1. Ele venceu o Grande Prêmio do Japão, disputado nesta madrugada, mas viu o espanhol Fernando Alonso terminar a prova na quarta colocação e ainda seguir com chances de matemáticas de conquistar a temporada.
Para ser campeão em Suzuka, o alemão da Red Bull precisava vencer a corrida deste domingo e torcer para que Alonso terminasse a prova, no máximo, na nona posição.
O pódio no Japão na madrugada deste domingo contou ainda com o australiano Mark Webber, em dobradinha da Red Bull, e o francês Romain Grosjean, que liderou boa parte da prova. Fernando Alonso foi o quarto, seguido por Kimi Raikkonen, Nico Hulkenberg, Esteban Gutiérrez e Nico Rosberg. Jenson Button foi o nono, logo à frente do brasileiro Felipe Massa, que fechou a zona de pontuação.
Mas o tetracampeonato por antecipação de Sebastian Vettel está próximo. Faltando quatro corridas para o fim da temporada, ele lidera o campeonato com 297 pontos, com 90 de vantagem para Alonso. Para ser campeão na próxima etapa do Mundial, o Grande Prêmio da Índia, ele precisa marcar apenas dez pontos, obtidos com a quinta posição.
A corrida da Índia, que deixa o calendário da Fórmula 1 em 2014, está marcada para dia 27 de outubro no circuito de Nova Déli.

Sebastian Vettel venceu novamente na Fórmula 1 e está a dez pontos do tetracampeonato do Mundial
A prova – A largada do Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1 foi emocionante. O francês Romain Grosjean aproveitou o vacilo dos dois pilotos da Red Bull e pulou para a liderança, deixando Mark Webber na segunda colocação e Sebastian Vettel na terceira.
Na primeira curva, Giedo van der Garde e Jules Bianchi se chocaram e abandonaram a corrida. O britânico Lewis Hamilton também se deu mal e teve um pneu furado em um toque na asa dianteira de Vettel, caindo para a última colocação. Na nona volta, ele abandonou. Fernando Alonso começou bem a prova, pulando para a sexta posição, logo atrás de Felipe Massa.
O primeiro piloto da elite da F-1 a parar nos boxes foi Mark Webber, que entrou ao fim do 11º giro para colocar pneus duros, deixando Vettel na segunda colocação. Massa e Raikkonen também pararam na mesma volta. Grosjean parou logo na sequência, o que fez o alemão assumir a ponta.
Vettel permaneceu na pista até a 15ª volta, quando finalmente entrou nos boxes para a troca de pneus. Mesmo com bom trabalho da equipe Red Bull, o alemão voltou na terceira colocação, atrás de Webber e Grosjean.
No pelotão intermediário, Nico Hulkenberg mostrou mais uma vez a boa fase que vive e assumiu a quarta colocação depois de batalha com Daniel Ricciardo. Fernando Alonso conseguiu duas ultrapassagens e foi para quinto, iniciando na sequência briga com o alemão da Sauber.
Webber novamente iniciou a rodada de pit-stops na 25ª volta, deixando caminho livre para Vettel se aproximar de Grosjean. O alemão aumentou seu ritmo de prova e assumiu a liderança quando o francês parou para trocar pneus no 30º giro da corrida.
Já Felipe Massa sofreu uma punição por excesso de velocidade no pitlane e foi punido com uma passagem pela área de boxes, caindo na classificação.
Vettel foi aos boxes apenas na 38ª volta e retornou à pista na terceira posição, pouco atrás de Grosjean, e com desvantagem para Webber, que adotou estratégia com uma troca de pneus a mais. Com ritmo rápido depois da troca de pneus, o alemão foi para cima do francês da Lotus e conseguiu a ultrapassagem no 41º giro.
Ele virou líder da prova duas voltas depois, quando Webber fez sua terceira troca de pneus. O australiano colocou colocou médios e voltou em ritmo rápido, mas teve dificuldades para ultrapassar Grosjean e não conseguiu se aproximar do alemão. Alheio aos problemas enfrentados pelo companheiro de equipe, Vettel se manteve em ritmo constante e garantiu a vitória em Suzuka.
Veja o resultado do Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1:
1: Sebastian Vettel (ALE/Red Bull)
2: Mark Webber (AUS/Red Bull)
3: Romain Grosjean (FRA/Lotus)
4: Fernando Alonso (ESP/Ferrari)
5: Kimi Raikkonen (FIN/Lotus)
6: Nico Hulkenberg (ALE/Sauber)
7: Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber)
8: Nico Rosberg (ALE/Mercedes)
9: Jenson Button (ING/McLaren)
10: Felipe Massa (BRA/Ferrari)
11: Paul Di Resta (ESC/Force India)
12: Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso)
13: Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso)
14: Adrian Sutil (ALE/ Force India)
15: Sergio Perez (MEX/McLaren)
16: Pastor Maldonado (VEN/Williams)
17: Valtteri Bottas (FIN/Williams)
18: Charles Pic (FRA/Caterham)
19: Max Chilton (ING/Marussia)

Não completaram:
Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
Giedo van der Garde (HOL/Caterham)
Jules Bianchi (FRA/Marussia)

Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.