quinta-feira , fevereiro 23 2017
Home / Futebol / Flamengo vence Coxa e cola no G4

Flamengo vence Coxa e cola no G4

O Flamengo derrotou o Coritiba por 2 a 0 em partida disputada na tarde deste domingo, no Couto Pereira, em Curitiba, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols de Paolo Guerrero e Marcelo Cirino, ambos no segundo tempo, a vitória fez o rubro-negro da Gávea chegar aos 30 pontos ganhos e ocupar a quinta posição na classificação do Campeonato Brasileiro.

Guerrero abriu o placar para o Flamengo (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)
Guerrero abriu o placar para o Flamengo (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)

O jogo melhorou apenas no segundo tempo. Na fase inicial, os dois times se preocuparam muito mais com a marcação do que com a criação. Na etapa final, o Flamengo acabou construindo o resultado positivo graças ao oportunismo dos seus atacantes que souberam aproveitar as chances que apareceram.

A derrota manteve a equipe paranaense em situação difícil na competição. O Coxa segue com 18 pontos na 16ª colocação. Caso o Botafogo vença o Palmeiras, o clube pode acabar a rodada na zona do rebaixamento.

Na próxima quarta-feira, o Coritiba vai visitar o Vitória, no Barradão. O Flamengo vai encarar o Santos, na Arena Pantanal.

O jogo – O Coritiba começou a partida no ataque. Logo aos quatro minutos, criou uma boa chance de gol. Carlinhos tabelou com Kleber e finalizou de carrinho, já dentro da pequena área, mas a bola saiu. O Flamengo tentava quebrar o ritmo do jogo, trocando passes sem muita pressa de chegar ao gol.

O ritmo da partida prosseguia lento com muita marcação por parte das duas equipes e excesso de passes laterais. O time de Curitiba adiantou a marcação e forçou a defesa rubro-negra a apelar para chutes longos na hora de sair para o ataque.

Aos 16 minutos, Everton foi lançado pela esquerda e cruzou para Guerrero, mas a bola foi muito forte e o peruano não alcançou. Dois minutos depois, o Flamengo conseguiu chutar pela primeira vez em direção ao gol. O argentino Mancuello bateu forte, mas a bola encobriu o travessão do Coritiba.

Os dois times continuavam em ritmo lento e quase não criavam chances para conclusão. Aos 23 minutos, Raphael Veiga foi lançado por João Paulo, mas o zagueiro Juan conseguiu se esticar e evitar que o passe chegasse ao seu destino.

A primeira conclusão perigosa do Flamengo aconteceu aos 30 minutos quando Guerrero bateu cruzado, o goleiro Wilson rebateu e a zaga do Coritiba aliviou o perigo. O time da casa respondeu com um cruzamento de Kazin que Juninho cabeceou por cima do gol de Alex Muralha.

A partida ficou mais aberta e, aos 37 minutos, Pará cruzou para a cabeçada de Guerrero, mas a bola foi defendida por facilidade por Wilson. Logo depois foi a vez de Alex Muralha interromper uma troca de passes de cabeça entre Kleber e Raphael Veiga.

O Flamengo voltou mais agressivo para o segundo tempo e marcou o primeiro gol, logo aos seis minutos. Mancuello fez ótimo passe nas costas da zaga. Guerrero penetrou e bateu no canto esquerdo, sem chances para o goleiro Wilson.

O Coritiba partiu para o ataque e quase conseguiu a igualdade aos oito minutos em chute de Juninho, mas Márcio Araújo bloqueou. Logo depois, o veterano zagueiro Juan sentiu uma lesão e o técnico Zé Ricardo colocou o argentino Donatti, recentemente contratado. Para aproveitar os espaços concedidos pelo Coritiba, o técnico Zé Ricardo colocou o atacante Marcelo Cirino no lugar do meia Mancuello.

Aos 18 minutos, o time paranaense desperdiçou uma boa oportunidade de marcar o gol do empate. Pará cobrou lateral, Raphael Veiga tocou de cabeça e João Paulo concluiu para fora.

A entrada de Felipe Amorim aumentou a agressividade da equipe curitibana, mas o Flamengo soube bloquear as tentativas ofensivas do adversário. Aos 32 minutos, o turco Kazim conseguiu dominar na grande área e rolou para Iago bater de primeira, mas a bola subiu demais.

Aos 35 minutos, Zé Ricardo decidiu reforçar o esquema defensivo e colocou o volante Cuellar no lugar do meia Alan Patrick. No desespero, o Coritiba trocou o lateral Pará pelo meia-atacante Bernardo.

Aos 43 minutos, o Flamengo liquidou a fatura com um gol de Marcelo Cirino. O atacante recebeu bom passe de Cuellar e tocou entre as pernas do goleiro Wilson.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 0 X 2 FLAMENGO

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 31 de julho de 2016, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Público: 17.606 pessoas
Cartões amarelos: Luccas Claro(Coritiba); Paolo Guerrero e Pará (Flamengo)
Gols: FLAMENGO: Paolo Guerrero, aos seis, e Marcelo Cirino aos 43 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Wilson; Ceará(Bernardo), Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; Edinho, João Paulo, Alan Santos(Iago) e Raphael Veiga(Felipe Amorim); Kleber e Kazim
Técnico: Pachequinho

FLAMENGO: Alex Muralha; Pará, Rafael Vaz, Juan(Donatti) e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick(Cuellar) Mancuello(Marcelo Cirino) e Everton; Paolo Guerrero
Técnico: Zé Ricardo

Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.