quinta-feira , fevereiro 23 2017
Home / Polícia / Bandidos sequestram comerciante no Ceará e exigem 100 mil por resgate

Bandidos sequestram comerciante no Ceará e exigem 100 mil por resgate

O carro da família
Terminou de forma positiva o sequestro de uma jovem empresária da Serra da Ibiapaba. A jovem Keline Morais do Nascimento, 21, foi sequestrada juntamente com o marido, um filho de oito anos e um adolescente de 14 anos, amigo da família, na noite de domingo. Os quatro viajavam por uma estrada carroçável por volta das 21h, em carro Fox, de cor branca, entre as localidades de Chapada, município de Ubajara e Itaipu, região de Mucambo, quando o carro foi interceptado por dois homens encapuzados, que viajavam em carro Gol, de cor vermelha. Os homens anunciaram o assalto e em seguida resolveram manter a família como refém. O marido de  Keline, identificado por Aureliano Petronílio, foi deixado amarrado na margem da estrada enquanto o filho e o adolescente eram colocados no porta-malas do carro da família.
Encontro da filha com pai
Em seguida a dupla seguiu viagem levando a comerciante, para um cativeiro. O carro foi encontrado na mesma noite abandonado próximo a localidade onde foi abordado.
Na manhã de segunda-feira, a família da jovem sequestrada, que também é comerciante recebeu o primeiro telefone da filha que informava que havia sido sequestrada, e que os criminosos estariam exigindo a quantia de R$ 100 mil, para liberta-lá. Mas tarde já com a Polícia Civil e a Polícia Militar acompanhando o caso veio mais uma ligação onde os sequestradores queriam R$ 80 mil. A proposta teria que ser cumprida até o final do dia.
Carro usado pelos bandidos
Sem ter como conseguir o dinheiro o pai da jovem tentava negociar com os acusados, oferecendo a importância de R$ 10 mil, mas proposta foi recusada. Como o cerco começou a se fechar e as negociações não avançavam, os sequestradores resolveram liberta a jovem na localidade de Mata Fresca, município de Ibiapina.
Polícia conversa com a jovem
No mesmo momento em que Kaline era libertada a PM prendia como suspeito, o primo da vítima, que viajava pela região da serra da Ibiapaba em carro Gol, de cor vermelha. Levado para a Delegacia de Ubajara, o comandante da Companhia de Tianguá Paulo de Tarso, levantou a informação que o acusado teria uma dívida de R$ 25 mil, adquirida na compra de um carro e não tinha como pagar.
Um primo da vítima sob suspeita
A jovem foi levada para a delegacia e lá reconheceu o carro como o mesmo usado pelos bandidos. Ela contou ao delegado Herbert Ponte e Silva e ao delegado Fernando Júnior da regional de Sobral, que durante a noite foi mantida presa em um banheiro, com os olhos vedados e que não teve como reconhecer os acusados pela voz. Segundo Keline, tomou café da manhã e mais tarde antes de ser libertada, almoçou. Depois foi colocada na garupa de uma moto, e levada para estrada onde foi encontrada pela polícia.
Fonte: Blog Wilson Gomes  via Plantão Alegre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.