sexta-feira , janeiro 20 2017
Home / RN / Parnamirim: Reunião orienta sobre matrícula antecipada de alunos com necessidades especiais

Parnamirim: Reunião orienta sobre matrícula antecipada de alunos com necessidades especiais

A Secretaria Municipal de Educação (Semec), através da Coordenadoria da Educação Básica, realizou na manhã desta segunda-feira (24) um encontro para definir as estratégias de matricula antecipada voltados aos alunos com Necessidades Educacionais Especiais (NEE) para o ano letivo de 2017A reunião foi realizada no auditório da Secretaria de Saúde e foi voltado aos gestores e secretários das escolas municipais que atendem a modalidade.

O objetivo da reunião foi passar orientações para que as matriculas antecipadas corram com tranquilidade e que o sistema municipal de ensino possa cada vez mais expandir seu atendimento. As matriculas começam amanhã (25) e seguem até o dia (09) de dezembro. Os pais que querem realizar a matricula precisam se encaminhar para a unidade escolar desejada, munido dos documentos do filho, cartão de vacinação e também do laudo, atestado, diagnóstico ou parecer médico.

“A matricula antecipada serve para a organização adequada das turmas para que as salas de aula tenham uma qualidade melhor de formação e educação”. É o que garante a coordenadora da educação básica, Miriam Juliace. Ela ainda explica que essa reunião é realizada anualmente desde 2013 e que tem tido excelente resultados com o aumento da comunidade e de pais mais informados.

Ainda segundo ela, os pais que realizam a matricula antecipada além de preencherem a ficha de matricula normal, preenchem também a ficha da matricula antecipada. “Esta ficha tem um encaminhamento do aluno para a sala de recurso, onde ele será atendido no contra turno por um especialista em educação especial”, detalha.

Além da sala de recurso, que irá permitir um monitoramento continuo das dificuldades do aluno, ele também irá ser integrado na sala de aula de comum. “Nossa educação é inclusiva porque o aluno com NEE não fica isolado dos demais”, completa Miriam.

Atualmente o sistema municipal de Parnamirim atende a crianças com mais de 90 tipos de necessidades especiais diferentes entre transtornos, deficiências, distúrbios e síndromes. Este ano também as unidades também começarão a atender casos de crianças com microcefalia.

Fonte: Prefeitura de Parnamirim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A assistente de palco do João Kleber, Dayse Brucieri
error: Você não tem permissão para usar essa função.