domingo , dezembro 4 2016
Home / Futebol / STJD suspende vitória do Flamengo sobre Fluminense até julgamento

STJD suspende vitória do Flamengo sobre Fluminense até julgamento

O Flamengo perdeu três pontos no Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira. Após o Fluminense entrar com pedido no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) pela anulação do clássico Fla-Flu, o presidente da entidade, Ronaldo Piacente, confirmou ao Uol que aceitou abrir o processo pela partida e suspendeu o resultado do confronto até o final do julgamento.

”Já despachei. Recebi o pedido de impugnação de partida e determinei a intimação do Flamengo para se manifestar em dois dias e depois a procuradoria será intimada para também se manifestar em dois dias. Ainda determinei a intimação da CBF para não homologar a partida até a decisão final do processo”, contou Piacente, em entrevista ao UOL.

A operação está dentro dos termos do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que em seu artigo 84, explica que o pedido de anulação é encaminhado ao presidente do STJD, que decide se o indefere por inépcia ou ilegalidade, ou se dá seguimento à ação.

Desta forma, a vitória do Flamengo por 2 a 1, conquistada na última quinta-feira, fica suspensa até a decisão do tribunal. Com isso, o Rubro-Negro volta aos 57 pontos ganhos e tem agora um jogo a menos que os rivais. Já o Flu permanece com 46 pontos ganhos.

 O pedido de anulação do Fluminense foi motivado por conta de uma confusão provocada após um gol do zagueiro Henrique, que decretaria o empate por 2 a 2. No primeiro momento, o auxiliar de arbitragem anulou corretamente o gol, já que o beque estava impedido. Em seguida, o árbitro voltou a atrás e validou o tento do Flu.

Por fim, após uma confusão que durou cerca de 15 minutos e precisou contar até mesmo com a presença da Polícia Militar para proteger o trio de arbitragem, houve uma interferência externa que avisou o árbitro Sandro Meira Ricci de que o lance estava impedido, o que fez com que Ricci anulasse definitivamente o lance.

A partir de agora, será sorteado um relator e o julgamento será no pleno do STJD. Piacente já manifestou que o tribunal só anulará o jogo se houver prova robusta da interferência externa que é negada pelo trio de arbitragem e pela CBF.

Fonte: gazeta Esportiva

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.