sábado , dezembro 10 2016
Home / Futebol / Fortaleza elimina Flamengo na Copa do Brasil

Fortaleza elimina Flamengo na Copa do Brasil

Desde a criação da Copa do Brasil em 1989 que o Flamengo não era eliminado em uma segunda fase. Para piorar os números, o clube carioca perdeu três partidas em quatro disputadas para dois times que atuam na terceira divisão do brasileiro.

O Flamengo decepcionou mais uma vez sua torcida e foi derrotado por 2 a 1 pelo Fortaleza, nesta quarta-feira, no Raulino de Oliveira. Com o resultado, os rubro-negros foram eliminados na Segunda Fase da Copa do Brasil, tendo feito sua pior participação na história da competição.

Rubro-Negro foi surpreendido pelos cearenses em Volta Redonda e deu adeus à Copa do Brasil (Foto: Gilvan de Souza/CRF)
Rubro-Negro foi surpreendido pelos cearenses em Volta Redonda e deu adeus à Copa do Brasil (Foto: Gilvan de Souza/CRF)

Sem poder contar com o técnico Muricy Ramalho, que sofreu um problema no coração, a equipe foi comandada por Jayme de Almeida. Os rubro-negros sofreram com a marcação do Fortaleza durante os 90 minutos. Para piorar, viram os cearenses abrirem o placar no início do jogo. No segundo tempo, os visitantes ampliaram a vantagem. Os flamenguistas só marcaram no fim, com Alan Patrick.

Na próxima fase, o Fortaleza vai encarar o América-MG. Já o Flamengo vai se concentrar somente no Campeonato Brasileiro no restante da temporada.

O jogo – O Flamengo começou a partida com a intenção de pressionar o Fortaleza em busca do gol. No entanto, logo aos três minutos, os cearenses abriram o placar após contra-ataque rápido. Após cruzamento de Everton, a bola passou por Anselmo e chegou para Pio finalizar para a rede.

O revés não desanimou os rubro-negros, que passaram a pressionar os visitantes em seu campo de defesa. Tanto que aos 13 minutos, o Flamengo quase empatou em Volta Redonda. Após cruzamento de Rodinei, Ederson escorou para Emerson chutar, mas a finalização foi em cima da zaga. Depois, foi a vez de Jorge arriscar de fora da área e obrigar Ricardo Berna a fazer boa defesa.

No entanto, aos poucos, o Fortaleza melhorou a marcação e impediu as boas jogadas do Flamengo. A torcida começou a se irritar e deixou os jogadores rubro-negros nervosos em campo. Com isso, os erros aumentaram e os lances de perigo desapareceram. Somente nos minutos finais, os donos da casa pressionaram em busca da igualdade, mas sem sucesso. Assim, os cearenses foram para o intervalo com a vantagem no placar.

No segundo tempo, o Flamengo pressionou o Fortaleza desde os primeiros minutos. No entanto, os rubro-negros tinham dificuldade em passar pela forte marcação adversária. Os cariocas chegavam com mais facilidade pela direita, com Rodinei, mas em nenhum momento levou real perigo ao gol de Ricardo Berna.

Com o passar do tempo, os flamenguistas foram ficando mais nervosos e passaram a dar espaços ao Fortaleza. Os cearenses acabaram com as chances dos rubro-negros aos 19 minutos. Em contra-ataque rápido, Felipe levou a melhor sobre a marcação e tocou para Pio finalizar para a rede e fazer seu segundo gol na partida.

O Flamengo só conseguiu criar sua primeira chance na etapa final aos 22 minutos. Marcelo Cirino chutou cruzado e a bola sobrou para Ederson na pequena área. No entanto, o meia conseguiu finalizar por cima do travessão.

A chance desperdiçada acabou com o ânimo dos rubro-negros, que perderam força e, mesmo ainda tendo mais posse de bola, não levaram mais perigo ao gol de Ricardo Berna. O Fortaleza passou a administrar o resultado.

Somente aos 43 minutos, o Flamengo conseguiu marcar seu gol, com Alan Patrick, de falta. Só que não havia tempo para os cariocas buscarem uma reação e tiveram que sair de campo sob as vaias da torcida em Volta Redonda após mais uma eliminação.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-RJ 1 X 2 FORTALEZA

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 18 de maio de 2016 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Diego Almeida Real (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
Renda: R$ 77.550,00
Público: 4.390 pagantes
Cartões amarelos: Ederson e Everton (Flamengo); Anselmo (Fortaleza)

GOLS
FLAMENGO: Alan Patrick, aos 43min do segundo tempo
FORTALEZA: Pio, aos 3min do primeiro tempo e 19min do segundo tempo

FLAMENGO: Paulo Victor, Rodinei, Léo Duarte, Juan e Jorge; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Federico Mancuello (Alan Patrick) e Everton (Marcelo Cirino); Ederson e Emerson Sheik (Fernandinho)
Técnico: Jayme de Almeida (interino)

FORTALEZA: Ricardo Berna, Felipe (Elivelton), Edimar, Lima, William Simões; Dudu Cearense, Juliano, Pio, Jean Mota e Everton (Juninho); Anselmo (Corrêa)
Técnico: Marquinhos Santos

Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.