segunda-feira , dezembro 5 2016
Home / Futebol / Flamengo vence Vasco com dois gols de Alecssandro

Flamengo vence Vasco com dois gols de Alecssandro

No campeonato a parte, Flamengo vence o Vasco sob fortes chuvas no maracanã.

Em clássico tumultuado e que chegou a ser paralisado pelo temporal que atingiu o Rio de Janeiro na noite deste domingo, o Flamengo derrotou o Vasco por 2 a 1 e subiu para a terceira posição com 26 pontos ganhos. O Vasco continua com a mesma pontuação do adversário, mas caiu para o quarto lugar na tabela de classificação do Campeonato Carioca.

Na metade do primeiro tempo, a partida foi interrompida por causa do temporal que desabou sobre o Maracanã e alagou o gramado. A paralisação durou 50 minutos e foi tomada de comum acordo entre arbitragem e dirigentes dos dois clubes. Em função do clima tenso que tomou conta do jogo, quatro jogadores receberam cartão vermelho e 12 foram advertidos com o cartão amarelo. Mais de 50 mil pessoas estiveram presentes ao estádio.

 Alecssandro marca dois sobre o Vasco e dá a vitória ao Fla
Alecssandro marca dois sobre o Vasco e dá a vitória ao Fla. Foto:GAZETA PRESS

O resultado manteve o jejum de vitórias do Vasco no confronto com o tradicional adversário. São dez jogos de invencibilidade do Flamengo diante do clube de São Januário. A última vitória cruz-maltina aconteceu em abril de 2012, na semifinal da Taça Rio. Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Boavista, enquanto o Flamengo terá pela frente o Bangu.

O jogo- A partida começou equilibrada e debaixo de chuva forte, com as duas equipes dividindo a posse de bola e mostrando muita disposição nas divididas. Aos cinco minutos, o primeiro momento de perigo. Após cobrança de escanteio, Wallace dividiu com o goleiro Martín Silva e a bola sobrou para Anderson Pico, que concluiu para fora. Com o campo inteiramente alagado, a partida foi ficando cada vez mais tensa, com os jogadores discutindo a cada dividida e fazendo pressão sobre a arbitragem.

Aos 17 minutos, o Flamengo marcou o primeiro gol. O goleiro Martín Silva tentou lançar com as mãos para Rodrigo, mas a bola parou na poça d´agua. Alecsandro foi mais esperto e bateu de primeira para colocar a bola nas redes. Depois do lance, o goleiro assumiu a culpa e pediu desculpas aos companheiros. No minuto seguinte, Júlio dos Santos quase conseguiu marcar o gol do empate, mas seu chute bateu na trave esquerda defendida por Paulo Victor.

Aos 22 minutos, o delegado da partida aproveitou a parada técnica para conversar com os jogadores sobre a possibilidade da interrupção do jogo por causa do estado do gramado, inteiramente alagado. De comum acordo, o jogo foi interrompido e as equipes se dirigiram para o vestiário.

Depois de 50 minutos de paralisação, a arbitragem decidiu recomeçar a partida, uma vez que o gramado já mostrava boas condições. E o Vasco conseguiu marcar o gol do empate aos 28 minutos. Após cobrança de escanteio, Gilberto se antecipou aos zagueiros e cabeceou para o gol. Paulo Victor ainda tentou salvar, mas a bola já havia passado da linha. No minuto seguinte, o Flamengo quase desempatou, quando o argentino Canteros foi lançado entre os zagueiros cruz-maltinos e tocou na saída de Martín Silva, mas a bola foi para fora.

A partida voltou a ficar equilibrada, mas as duas equipes encontravam muitas dificuldades para trocar passes porque a bola ainda ficava presa no gramado e impedia a precisão. O Flamengo era um pouco mais ofensivo, mas errava sempre quando tentava fazer as bolas chegar a Alecsandro ou Cirino. O mesmo acontecia do lado vascaíno. Gilberto travava uma briga desigual contra os zagueiros rubro-negros e dificilmente levava vantagem.

O Flamengo voltou para o segundo tempo bem mais organizado. A entrada de Everton fez o time ficar mais objetivo, enquanto o Vasco seguia encontrando dificuldades para passar da defesa ao ataque. E, aos sete minutos, a equipe dirigida por Vanderlei Luxemburgo marcou o segundo gol. Guiñazu derrubou Marcelo Cirino na área e o árbitro marcou pênalti, muito contestado pelos jogadores cruz-maltinos. Alecsandro bateu com categoria e desempatou. Ao comemorar com a torcida rubro-negra,,o atacante foi advertido com o cartão amarelo.

Aos 16 minutos, o Vasco tentou responder. Bernardo bateu falta e Paulo Victor fez ótima defesa, impedindo o gol de empate. O técnico Doriva trocou o volante Serginho pelo atacante Thales numa tentativa de tornar sua equipe mais ofensiva, mas o time da Gávea seguiu jogando melhor. Aos 23 minutos, Madson evitou o terceiro gol ao bloquear chute de Marcelo Cirino. Dois minutos depois, foi a vez de Anderson Salles evitar que a bola chegasse ao atacante rubro-negro depois de bela jogada de Canteros.

O Vasco só voltou a ameaçar aos 28 minutos, quando Jhon Clay, inteiramente livre, chutou para fora diante de Paulo Victor. Pouco depois, uma falta de Paulinho em Bernardo provocou uma grande confusão entre os jogadores dos dois times. O árbitro expulsou Bernardo e Guiñazu pelo Vasco e Paulinho e Anderson Pico pelo Flamengo. O jogo ficou interrompido durante cinco minutos antes que os ânimos serenassem entre os atletas.

Com nove jogadores de cada lado, o Vasco pressionou até o final em busca do gol do empate. Uma cabeçada de Rodrigo e uma conclusão de Christiano assustaram a torcida do Flamengo, mas as chances foram perdidas e o time da Gávea conseguiu segurar a importante vitória.

Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.