segunda-feira , dezembro 5 2016
Home / Política / Pesquisa Ibope Dilma Rousseff 54%, Aécio Neves 46%

Pesquisa Ibope Dilma Rousseff 54%, Aécio Neves 46%

Dilma Rousseff do PT aparece a frente de Aécio Neves do PSDB com 8 pontos, segundo Ibope.

Pela primeira vez em uma pesquisa eleitoral do segundo turno das Eleições 2014 e a três dias da votação, a candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) aparece à frente do senador Aécio Neves (PSDB) fora da margem de erro na corrida à Presidência.

Pesquisa Ibope Dilma Rousseff 54%, Aécio Neves 46%

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (23) mostra a presidente com 49% das intenções de votos totais e o tucano com 41%. Os votos brancos e nulos totalizam 7% e os eleitores indecisos somam 3%.

Na última pesquisa Datafolha, divulgada há oito dias, Dilma aparecia com 43% da preferência do eleitorado, enquanto o tucano tinha 45%. Eles estavam tecnicamente empatados dentro da margem de erro, que era de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Considerando apenas os votos válidos, ou seja, sem brancos, nulos e eleitores indecisos, Dilma também está na frente de Aécio: 54% a 46% da preferência. Na pesquisa anterior, Aécio tinha 51% contra 49% da presidente, o que também configurava empate técnico.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (23) também indicou que Dilma Rousseff está na frente de Aécio na corrida ao Planalto. A presidente tem 48% das intenções de voto, contra 42% do senador. Em votos válidos, o placar está 53% a 47%.

Rejeição

O Ibope também perguntou aos eleitores em quem eles não votariam no segundo turno. A rejeição de Aécio Neves é de 42% agora, sete pontos a mais que os 35% anteriores. Já a aversão à Dilma permaneceu nos 36% da semana passada.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores, de 203 cidades do País, entre segunda-feira (20) e quarta-feira (22). O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e nível de confiança é de 95%.

Encomendado pela TV Globo e o jornal O Estado de S.Paulo, a pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01168/2014.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.