sexta-feira , dezembro 9 2016
Home / Futebol / Flamengo vence Figueirense no fim e se afasta da confusão

Flamengo vence Figueirense no fim e se afasta da confusão

Flamengo vence Figueirense com um gol no início e outro no fim do jogo.

Nesta quarta-feira, o Orlando Scarpelli foi palco do duelo entre Figueirense e Flamengo, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem vencer desde a 21ª rodada, quando bateu o Corinthians por 1 a 0, o Mengão começou bem, permitiu o empate, mas no apagar das luzes conseguiu a vitória por 2 a 1.

Flamengo vence Figueirense no fim e se afasta da confusão
Eduardo da Silva chegou ao sexto gol no Brasileirão – Foto: Globo Esporte

Procurando reencontrar a vitória depois de uma boa sequência, Vanderlei Luxemburgo escalou um time ofensivo e começou avassalador. Logo aos quatro minutos de jogo, João Paulo cruzou e achou o artilheiro Eduardo da Silva, que, livre, não perdoou e abriu o placar. O Flamengo continuou pressionando e não dando espaços para Figueirense. Aos 12 minutos, após cobrança de falta de Canteros, Tiago Volpi espalmou. Na sobra, Luiz Antonio chutou, mas a zaga cortou para escanteio.

Mesmo jogando em casa, o Figueira não conseguia impor o ritmo de jogo e ficava mais no campo defensivo do que no ataque. Aproveitando o placar e a superioridade em campo, o Rubro-negro pressionava a saída de bola do adversário e trocava bons passes.

Com o passar do tempo, o Flamengo foi perdendo poder ofensivo e deixando o Figueirense crescer. Com o apoio da torcida, o Furacão esboçou uma pressão, mas não conseguiu o empate. Sem esperar o intervalo, o técnico Argel Fucks tirou o volante França e colocou o atacante Mazola. A partir daí, o alvinegro ficou com três atacantes em campo, mas mesmo assim não conseguiu o empate e foi para o vestiário derrotado.

EMOCIONANTE

O segundo tempo recomeçou da mesma maneira que o primeiro, com flamengo buscando mais o ataque. Logo aos dois minutos, Marcão tentou tirar de bico, errou feio e deu contra-ataque ao Fla. O zagueiro Marcelo se lançou ao ataque, passou por dois marcadores e saiu cara a cara com Tiago Volpi, que fez uma linda defesa. Mas dessa vez o Figueirense não demorou a “acordar” e respondeu rápido. Aos seis minutos, em dois cruzamentos seguidos, Thiago Heleno apareceu livre, mas cabeceou para fora.

Aos 10 minutos, o Flamengo teve a chance de matar o jogo. Eduardo da Silva, sempre ele, recebeu livre, mas se enganou ao achar que estava impedido e tocou com displicência para o gol. O erro custou caro. No lance seguinte, aos 11, Mazola recebeu completamente livre na área do Fla e tocou bonito na saída de Paulo Victor. Após o empate, o Figueira começou a gostar mais do jogo e pressionar o time de Vanderlei Luxemburgo. Aos 17 minutos, Marcão recebeu cara a cara com Paulo Victor e tocou por cobertura, mas a bola foi para fora. Os donos da casa sempre estiveram mais perto do segundo gol do que o Flamengo. Os cariocas não conseguiam armar jogadas e o Furacão dominava o meio campo.

Com as mudanças do técnico Luxemburgo, o Flamengo voltou a ficar melhor e pressionou. Aos 39 minutos, Canteros girou em cima do zagueiro e bateu para o gol, mas a bola explodiu na trave de Volpi. Aos 48 minutos, no apagar das luzes, após confusão na área do Figueira, Chicão levantou a bola e o atacante Nixon completou de cabeça, dando números finais ao jogo.

Com a vitória, o Flamengo subiu para a 11ª colocação e chegou aos 34 pontos, passando o Figueirense, que ficou em 12º, com 32 pontos ganhos.

Ambos voltam a campo no domingo, o Flamengo recebe líder Cruzeiro, no Maracanã, às 16h. Às 18h30, o Figueirense vai a Curitiba encarar o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada.

Futebol Interior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.