sábado , dezembro 3 2016
Home / Futebol / América-RN cede empate no fim para a Portuguesa

América-RN cede empate no fim para a Portuguesa

Ainda não foi dessa vez que o América-RN pôs fim no jejum de vitórias na série b. O time potiguar quase chega lá, mas sofre o empate aos 46 minutos da etapa final.

O América segue com o jejum vitórias na série B. Dessa vez, o alvirrubro potiguar empatou com a Portuguesa, por 1×1, na Arena das Dunas, na noite dessa sexta-feira e continua ameaçado pela zona de rebaixamento. Mesmo com o resultado, a equipe americana subiu uma posição e agora aparece na 15ª colocação, com 26 pontos. Os gols foram marcados por Paulinho, para os donos da casa, enquanto Jean Mota empatou, todos no segundo tempo. O próximo compromisso americano na competição é terça-feira, contra o Ceará, na Arena Castelão.

Em uma sequência negativa dentro da série B, era visível o nervosismo dos jogadores do América dentro de campo. O alvirrubro potiguar tinha o domínio territorial, mas não conseguia fazer sua força dentro da Arena das Dunas. O setor ofensivo até conseguiu criar algumas oportunidades, mas, por excesso de companheirismo, as chances foram desperdiçadas.

A Portuguesa tinha a proposta definida: esperar o América em seu campo e tentar sair em velocidade. Algumas chances foram criadas para os visitantes devido a falhas da equipe potiguar.

América-RN cede empate no fim para a Portuguesa
América-RN cede empate no fim para a Portuguesa

O segundo tempo começou com os visitantes pressionando bastante do América e se não fosse o goleiro Andrey e a trave, o gol da Portuguesa teria saído pouco tempo após o intervalo. Primeiro, Briner cabeceou, Andrey defendeu parcialmente e a bola ficou para Serginho, livre, na pequena área, chutar. A bola, caprichosamente, bateu no travessão e não entrou. Um minuto depois, Jocinei chutou forte, rasteiro, para a grande defesa do goleiro americano.

O América suportou a pressão e começou a sair para o jogo. Querendo a vitória, o técnico americano, Marcelo Martelotte tirou Wanderson e colocou o atacante Paulinho, que foi bastante criticado pelos torcedores. Mas, aos 21 minutos, veio a redenção do jogador. Rodrigo Pimpão escapou pela direita e cruzou na área. A bola chegou para Paulinho, que chutou de primeira, para marcar um golaço e abrir o placar.

E as chances desperdiçadas acabaram fazendo falta para o América ao final do jogo. Aos 46 minutos, Mateus dividiu com a zaga americana e a bola acabou sobrando para Jean Mota, que chutou rasteiro para empatar a partida.

Tribuna do Norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.