segunda-feira , dezembro 5 2016
Home / Futebol / Flamengo perde para Chapecoense e volta para a lanterna do brasileiro

Flamengo perde para Chapecoense e volta para a lanterna do brasileiro

Chapecoense jogando em casa marcou o gol da partida logo aos cinco minutos e o Flamengo não teve forças para reverter o placar.

Chapecó, SC, 3 (AFI) – Não foi além de uma rodada a saída do Flamengo da última posição do Campeonato Carioca. O time mais popular do país voltou a segurar a lanterninha ao perder para a Chapecoense, por 1 a 0, em Chapecó, neste domingo à tarde, na Arena Condá. A vitória foi muito importante para o caçula da elite nacional, que chega aos 14 pontos, em 12.º lugar, e com um jogo a menos que a maioria de seus adversários. Tenha também em mãos, em seu smartphone, todos os jogos da rodada AO VIVO pelo aplicativo do Placar FI!
Com 10 pontos, o time carioca tem a mesma pontuação do que Figueirense e Bahia, mas perde pelo saldo de gols. Tem menos 12, contra menos seis do Bahia e menos 12 do Figueirense. O time catarinense, porém, tem três vitórias, contra duas dos demais concorrentes contra o descenso. O Coritiba, com 11 pontos, é o 17.º colocado.
PRESSÃO E GOL
Com o estádio lotado, a Chapecoense não respeitou a tradição do visitante e meteu pressão desde os primeiros minutos. Aos cinco minutos, Fabinho Lopes assustou o goleiro Paulo Victor com um chute de longe, defendido em dois tempos.
O gol saiu dois minutos depois, aos sete minutos. Neném cobrou falta em curva e pelo alto. O sol atrapalhou a defesa e o goleiro Paulo Victor. O zagueiro Rafael Lima ainda tentou tocar na bola, mas todo mundo ficou na dúvida de quem marcou o gol. Ele, no entanto, saiu comemorando de braços abertos. O time abraçou Neném. Nem o trio de arbitragem foi preciso.
Dedé tentou outro chute aos 26 minutos, mas o time da casa perdeu a posse de bola e a força do contra-ataque. Com três volantes, ficou muito atrás e dominado. Encontrou, porém, um Flamengo sem força ofensiva e sem poder de finalização. NO banco de reserva, Vanderlei Luxemburgo parecia não acreditar em tanta ruindade e falta de qualidade. O Flamengo só ameaçou num chute de longe de Éverton, aos 39 minutos, encaixado pelo goleiro Danilo, que pouco trabalhou.
SEM MUDANÇA
O panorama não mudou na etapa final. A Chapecoense manteve a marcação forte e nada permitiu ao Flamengo. Aos 12 minutos, Wanderson, de cabeça, após escanteio, obrigou Paulo Victor a mandar por cima do travessão.
A grande oportunidade flamenguista aconteceu aos 17 minutos, quando Rafael Lima perdeu a bola para Alecsandro, que saiu em disparada e dentro da área encontrou de frente o goleiro Rodrigo, que fez a grande defesa. O zagueiro reclamou que o atacante tocou a bola com a mão.
O time da casa também pouco atacou, mas assustou, de novo, com Neném, cobrando falta aos 33 minutos. A bola tirou tinta da trave direita de Paulo Victor. No mais, a Chapecoense se fechou e festejou muito a vitória.
PRÓXIMOS JOGOS
Na quarta-feira, em jogo atrasado, a Chapecoense vai receber o Atlético Mineiro, às 21 horas, na Arena Condá. No final de semana vai pegar o Figueirense, no clássico estadual, domingo, às 18h30. O Flamengo vai treinar a semana toda e tentar se reabilitar diante do Sport, domingo, às 16 horas, no Rio de Janeiro. O time pernambucano perdeu por 3 a 0 para o Figueirense.
Futebol do Interior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.