sexta-feira , dezembro 9 2016
Home / RN / Caern alerta para os perigos da água de chuva lançada na rede de esgoto

Caern alerta para os perigos da água de chuva lançada na rede de esgoto

Um dos grandes vilões para o bom funcionamento dos sistemas de esgotamento operado pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) é a mistura indevida de água da chuva com o sistema de esgoto. A água da chuva possui galeria específica dessa água, com dimensionamento maior do que a rede de esgoto.

A ligação irregular de calhas com a rede coletora de esgotos pode causar transbordamento nos poços de visita – o local de acesso às tubulações da rede de esgoto – e, consequentemente refluxo de esgoto nos imóveis, tendo em vista a força e quantidade de água de chuva que entra na rede de esgoto. O proprietário do imóvel deve destinar a água da chuva para a rede de drenagem.

Além disso, é importante que ao construir um imóvel seja deixada uma área em que a água pluvial possa infiltrar naturalmente no solo. As algumas pessoas cimentam todo o quintal, eliminando a área permeável necessária para infiltração da água pluvial e improvisam um ralo, que é ligado à rede coletora de esgoto, para escoar a água.

CONSEQUÊNCIAS

A ligação irregular sobrecarrega as Estações de Tratamento de Esgotos (ETEs), fazendo com que as bombas trabalhem acima do volume normal, acarretando a paralisação da operação, visto que as bombas, preparadas apenas para a quantidade de água do esgoto, não aguentam a vazão de água.

“A mistura de água da chuva com a rede da Caern também causa a descaracterização do esgoto projetado com uma carga orgânica, que foi tratada para um sistema biológico. Isso compromete a depuração do esgoto, pois acaba não havendo nutrientes suficientes para manter os micro-organismos responsáveis pela limpeza da água”, destaca o analista ambiental da Caern, Marcos Freire.

ACS Caern

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.