quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / RN / Água: Reunião define uso dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfica do rio Piancó-Piranhas-Açu

Água: Reunião define uso dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfica do rio Piancó-Piranhas-Açu

O grupo técnico operacional do Sistema Curema-Açu, criado pela Agência Nacional de Águas (ANA) em parceria com os Governos da Paraíba e do Rio Grande do Norte, que se reúne periodicamente para discutir as estratégias de utilizações destas fontes hídricas, teve seu nono encontro nesta quarta-feira (02), em Natal.
 Dentre os pontos de pauta, foi apresentado pela ANA o resultado do monitoramento hidrológico realizado no Sistema Curema-Açu e apresentado pelos Estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte, através de suas companhias estaduais de saneamento, CAGEPA e CAERN, a atual situação de atendimento às populações através dos sistemas de abastecimento de água que as mesmas operam.
A Agência também apresentou o histórico da operação e as simulações de deplecionamento dos reservatórios que compõem o Sistema Curema-Açu, quais sejam: o e Curema (PB), o Mãe D`água (PB) e o Armando Ribeiro Gonçalves. (RN). Em 14 de abril de 2014, a ANA editou a Resolução ANA nº641/2014 que estabelece regras de restrições de uso para as captações de água com a finalidade de irrigação e aquicultura no Sistema Curema-Açu.
Nesta 9ª Reunião do GTO, foram revistas as regras de restrição do uso estabelecidas em função das simulações apresentadas de forma a garantir, nesse período de evento crítico, no mínimo, o uso prioritário dos recursos hídricos, quais sejam: o abastecimento humano e a dessedentação animal.
  
O evento teve a participação de técnicos da CAERN, AESA (PB), IGARN, CAGEPA (PB) e DNOCS dos dois Estados e membros convidados da Diretoria do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó/Piranhas-Açu e Secretaria de Estado de Agricultura da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

 ACS Caern

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.