terça-feira , dezembro 6 2016
Home / Copa do Mundo / Messi e seleção argentina desembarcam em BH com recepção da torcida do Galo

Messi e seleção argentina desembarcam em BH com recepção da torcida do Galo

Sem grande alvoroço no saguão, hermanos desembarcam em Confins com apoio de brasileiros e uma hora de diferença para chegada dos uruguaios no mesmo aeroporto

A delegação da Argentina desembarcou no Aeroporto de Confins na noite desta segunda-feira, com cerca de uma hora de diferença em relação à chegada da seleção uruguaia no mesmo local. A recepção não foi a mesma festa de despedida do país, mas teve um número pequeno de hermanos no saguão do aeroporto. E eles ainda ganharam o reforço de atleticanos que, pelo fato de Messi e companhia estarem hospedados na Cidade do Galo, adotaram os arquirrivais do Brasil como segundo e até mesmo primeiro time. Um vascaíno uniformizado também marcou presença. A concentração de alvinegros na porta do CT é ainda maior à espera dos jogadores.

Messi no desembarque da Argentina (Foto: AP)

Messi é recepcionado durante o desembarque da Argentina no aeroporto de Confins, em Belo Horizonte (Foto: AP)
O desembarque foi realizado na pista, sem contato com o público. Ninguém concedeu entrevistas no local. De lá, a delegação pegou o ônibus para a Cidade do Galo. No CT do Atlético-MG, os hermanos começarão os trabalhos em solo brasileiro nesta terça-feira, às 10h. Na quarta, eles cumprirão a exigência da Fifa e farão uma atividade aberta ao público no estádio Independência. A estreia na Copa será somente no domingo, diante da Bósnia, no Maracanã. Os hermanos estão no Grupo F, que conta ainda com Nigéria e Irã.

A Argentina iniciou a preparação para Copa do Mundo no último dia 26 e realizou dez treinamentos e dois amistosos, com duas vitórias sobre Trinidad e Tobago e Eslovênia. Apesar do clima de entusiasmo, a delegação chegou com alguns problemas na bagagem. Ao todo, o técnico Alejandro Sabella teve oito jogadores com problemas médicos durante os treinamentos. Destes, Agüero e Zabaleta já voltaram a trabalhar com bola e não devem ser desfalque para partida contra a Bósnia. O mesmo vale para Mascherano, que sofreu somente uma pancada no peito no jogo com os eslovenos. Por outro lado, Garay, Demichelis, Higuaín, Palacio e Lucas Biglia vão ter que passar por novas avaliações ao longo da semana.

Atleticanos e argentinos se encontram no aeroporto de Confins para recepcionar os jogadores (Foto: Léo Simonini)

Via Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.