segunda-feira , dezembro 5 2016
Home / Nacional / Dilma inaugura no Rio hospital e conjunto residencial

Dilma inaugura no Rio hospital e conjunto residencial

A agenda da presidenta Dilma Rousseff tem previstas para hoje (30) duas inaugurações no Rio de Janeiro. Na parte da tarde, ela deverá participar, às 15h30, no município de Saquarema, na Região dos Lagos, da solenidade que marcará o início das atividades do Hospital Estadual dos Lagos.
O hospital beneficiará moradores de Saquarema e das cidades vizinhas, onde vivem cerca de 2,3 milhões de pessoas. O foco será o atendimento ao trauma ortopédico-cirúrgico, à maternidade de alto risco e à ginecologia cirúrgica. Haverá oferta de serviços especializados de imagens, como tomografia computadorizada, ultrassonografia, mamografia, ecocardiograma e raios X, feitos por agendamento, por meio das secretarias municipais de Saúde.
Serão 56 leitos de internação, dez leitos de UTI adulto, dez de UTI neonatal e cinco de unidade semi-intensiva. Foram contratados 450 profissionais de saúde e das áreas de apoio. O investimento alcançou R$ 46 milhões.
Em seguida, Dilma deverá viajar à capital do estado para inaugurar os residenciais Zé Keti e Ismael Silva, construídos por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida, no terreno do antigo Presídio da Frei Caneca, na região central. São 998 unidades habitacionais, destinadas a famílias com renda até R$ 1.600,00.
São 24 blocos de cinco andares, com apartamentos de 43 metros quadrados, divididos em dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, com piso cerâmico em todos os ambientes. Um dos blocos foi destinado a índios que ocuparam, no início do ano passado, o prédio do antigo Museu do Índio, e que foram retirados pela Polícia Militar. Também tiveram prioridade moradores de favelas em áreas de risco de deslizamento. O investimento total chegou a R$ 62,8 milhões.
Na terça-feira (1º), Dilma deve permanecer no Rio para a inauguração do Arco Metropolitano, rodovia interligando seis municípios da região, e a cerimônia que marcará a extração dos primeiros 500 mil barris de petróleo do pré-sal, na sede da Petrobras.
Agencia Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.