terça-feira , dezembro 6 2016
Home / Copa do Mundo / Debaixo de muita chuva seleção portuguesa chega à Manaus com recepção recorde

Debaixo de muita chuva seleção portuguesa chega à Manaus com recepção recorde

Mesmo embaixo de muita chuva, cerca de 600 torcedores foram recepcionar a seleção de Portugal em Manaus.

Uma loucura. Foi assim o desembarque de Portugal em Manaus. A delegação só chegou ao hotel por volta das 21h, de Brasília. E foi recepcionada por cerca de 600 torcedores. Mais do que a soma de todas as outras cinco delegações que chegaram ao Amazonas.
Os torcedores começaram a se aglomerar por volta das 19h, embora alguns poucos tenha chegado antes. E mostraram a paixão que nutrem por um único astro, Cristiano Ronaldo. Exceto por uma menina. Clara, que tinha um pequeno cartaz “I Love Nani”, todos só queriam saber do melhor do mundo, com cartazes, camisas do Real, da seleção portuguesa e até do Manchester United, antigo time do astro. Um grupo sete de meninos que faziam muito barulho  chegou a falar que torceria para o Brasil caso a decisão fosse com Portugal, mas que CR7 teria de fazer um gol.
E a massa não largou o pé da porta do hotel nem mesmo quando começou a cair uma chuva torrencial 15 minutos antes da chegada do ônibus. Foi o caso de Dayara Santos. Ensopada, ela disse que poderia pegar uma gripe, uma pneumonia, mas só voltaria para casa se tirasse uma foto do atacante, mesmo que só de relance.
Foi o que aconteceu. A delegação portuguesa desembarcou em tempo recorde, Cristiano Ronaldo deu tchauzinho e entrou direto no hotel.
– Melhor do Mundo chegou, melhor do mundo chegou, gritou Ricardo Santos, puxando o coro que foi correspondido por vários amigos, que estavam bem em frente ao ônibus, atrás do cordão de isolamento da PM.
Uma menina, Ana Vitória,  chorava copiosamente. Ela  – que chegou com  um CR7 pintado na testa com o batom da irmã Graciely – estava com a pintura toda borrada por causa da chuva e não conseguiu ver o jogador. A irmã, por sua vez, pedia aos prantos se alguém poderia mandar alguma foto do craque por bluetooth.
Yasmin Cesar, a fã número 1 do craque em Manaus, pois tem até uma tatuagem escrita CR7 no ombro, disse que faria plantão na manhã deste sábado no hotel  para ver se conseguiria tirar uma foto com ele, já que na chegada mal viu o jogador.
Outro pessoal bem frustrado foi um grupo do Rancho Luso Brasileiro do Amazonas, que chegou a caráter, com roupas para a dança do fado. Ele chegou a dançar para a imprensa, mas na hora do temporal, se escondeu em uma marquise. E não pode fazer a coreografia aos craques portugueses.
O resumo da recepção calorosa pode ser resumida por um mototaxista que acompanhava tudo um pouco mais afastado da multidão, tentando se esconder da chuva e do rio que corria pela calçada (o hotel fica numa pequena subida):
– Tem mais gente aqui do que em jogo do Campeonato Amazonense. Nunca vi nada igual.
Fonte: Lancenet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.