sábado , dezembro 10 2016
Home / Polícia / Policial Militar é preso suspeito de matar lutador de MMA em Natal

Policial Militar é preso suspeito de matar lutador de MMA em Natal

Soldado Moisés teria participado do crime ao lado do tenente Iranildo Félix.
Luiz de França Trindade, de 25 anos, foi morto a tiros no dia 10 de fevereiro.

 

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (6), em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, mais um suspeito de participação na morte do professor de musculação e lutador de MMA Luiz de França Trindade, de 25 anos, assassinado no dia 10 de fevereiro deste ano na capital potiguar.

Segundo a polícia, o suspeito chama-se Moisés Gonçalo do Nascimento, de 41 anos, soldado da Polícia Militar. Ele é apontado como o homem que ajudou o tenente Iranildo Félix, que seria o autor dos disparos, pilotando a motocicleta que foi usada na fuga. O tenente e o soldado negam qualquer envolvimento no crime.

Ainda de acordo com a polícia, o soldado é lotado na Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam). A delegada Danielle Filgueira, da Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor), que auxiliou o delegado Sílvio Fernando na apuração do caso, afirma ter sido ameaçada de morte pelo soldado.

A delegada conta também que já investigou o soldado no inquérito que apura o desaparecimento da empregada doméstica Jaqueline Duarte Bonifácio, de 40 anos, e do filho dela, o estudante Leonardo Duarte, de 17 anos. Os dois foram tirados de casa, em Cidade Nova, zona Oeste de Natal, por homens encapuzados na madrugada de 11 de dezembro do ano passado. A mulher e o adolescente continuam desaparecidos.

O delegado Sílvio Fernando também diz ter sido ameaçado de morte, só que pelo tenente Iranildo Félix.

Do G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.