quarta-feira , dezembro 7 2016
Home / RN / Complexo viário de Natal receberá o nome do cardeal acariense Dom Eugênio Salles

Complexo viário de Natal receberá o nome do cardeal acariense Dom Eugênio Salles

Composto de seis túneis, dois viadutos e duas passarelas, o chamado complexo viário de Natal receberá o nome de Dom Eugênio Salles, cardeal potiguar falecido em julho de 2012. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (29) pelo prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). Das obras previstas no complexo viário, apenas o túnel da avenida Romualdo Galvão foi concluído até o momento. Um dos viadutos, que fica na marginal da BR-101, será concluído após a Copa do Mundo, enquanto os demais projetos estão com previsão de entrega para antes do mundial.

Complexo viário de Natal receberá o nome do cardeal acariense Dom Eugênio Salles

(Foto: Divulgação/Prefeitura de Natal)

O prefeito enaltece o trabalho do cardeal principalmente na zona rural. “Dom Eugênio teve quase 70 anos de vida dedicada à igreja, com muitos serviços prestados a Natal quando no início do seu sacerdócio ajudou a formar muitos sindicatos rurais no Estado, também foi o criador na década de 50 da Rádio Rural de Natal que surgiu com a finalidade de evangelizar e promover a alfabetização e educação primária pelas ondas do rádio, como consequência do Movimento de Natal, ação de cunho apostólico e social, que ele levou adiante e que tomou dimensão nacional”, disse Carlos Eduardo.
Ordenado sacerdote em 21 de novembro de 1943, Dom Eugênio se notabilizou por criar seis anos depois o Serviço de Assistência Rural, formando equipes que trabalhavam tanto na área social quanto formação religiosa. Desse trabalho pastoral surgirão as comunidades eclesiais de base, fruto também das Escolas Radiofônicas.
Em 1954, Pio XII o nomeou bispo-auxiliar de Natal. Em 1964 Dom Eugênio foi nomeado Administrador Apostólico da Arquidiocese de Salvador, deixando o Rio Grande do Norte. Quatro anos depois ele se tornou Arcebispo-Primaz do Brasil, posição que deixou para assumir a Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, em 1971, já como Cardeal do Título Presbiteral de São Gregório VII, para o qual fora nomeado por Paulo VI em 1969.
O cardeal faleceu em 2012 aos 91 anos.

Do G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.