quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Copa do Mundo / CBF anuncia parceria com plano de saúde para ajudar ex-campeões mundiais

CBF anuncia parceria com plano de saúde para ajudar ex-campeões mundiais

De acordo com comunicado oficial no site da entidade, a ideia da parceria foi concebida pelo ex-goleiro Gilmar Rinaldi, campeão mundial

A CBF anunciou nesta segunda-feira uma parceria com a Unimed para dar um auxílio aos ex-campeões mundiais de futebol pela seleção brasileira. O acordo com a empresa de planos de saúde prevê seguro vitalício para 58 atletas que conquistaram a Copa do Mundo com a camisa do Brasil.

De acordo com comunicado oficial no site da entidade, a ideia da parceria foi concebida pelo ex-goleiro Gilmar Rinaldi, campeão mundial em 1994 nos Estados Unidos. Ele apresentou o plano ao futuro presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, que a levou ao mandatário em exercício, José Maria Marin.

“Agradeço a feliz iniciativa do goleiro Gilmar. Ele nos levou essa ideia para que, dentro do possível, a CBF desse uma devida atenção aos campeões do mundo. Nós, na oportunidade, dissemos que iríamos estudar e disse que na parceria entre CBF e Unimed havia uma grande possibilidade de atender o projeto profundamente humano que nos foi trazido. Graças à compreensão dos responsáveis da Unimed essa justa pretensão foi devidamente atendida”, disse Marin.

Uma maior atenção da CBF aos campeões mundiais já vinha sendo cobrada há algum tempo. Isso porque alguns deles, principalmente nas equipes que faturaram os títulos de 1958, na Suécia, e 1962, no Chile, não ganhavam os altos salários pagos hoje em dia e atualmente se encontram com dificuldades financeiras. Por isso, Gilmar Rinaldi falou da importância da parceria.

“A ideia surgiu em uma conversa informal com o Marco Polo. Ele me falou que queria ideias para ajudar o futebol brasileiro. É uma reivindicação antiga dos jogadores. Alguns dos nossos campeões enfrentam problemas de saúde e coloquei isso e expliquei. Prontamente ele gostou da ideia, conversou com o presidente Marin e nos chamaram para dizer que foi viabilizada”, comentou o ex-goleiro.

Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.