terça-feira , dezembro 6 2016
Home / Futebol / América goleia Náutico pela Copa do Brasil

América goleia Náutico pela Copa do Brasil

América faz 3 a 0 no Náutico na Arena das Dunas

O América-RN pode dizer que está bem servido de centroavantes. Não importa quem seja o titular. Com dois gols de Max e um de Isac, o Mecão goleou o Náutico por 3 a 0 nesta terça-feira e abriu boa vantagem em duelo pela segunda fase da Copa do Brasil. A goleada teve direito a olé na Arena das Dunas, em Natal.

Os donos da casa foram melhores durante os 90 minutos e, no segundo tempo, contaram com o faro de gol de Max, que nesta terça ficou no banco de reservas por opção do técnico Oliveira Canindé. O dono da camisa 9, desta vez, foi justamente Isac, que abriu o caminho da vitória. O Náutico não teve uma noite feliz e quase não levou perigo à meta de Fernando Henrique.

O jogo da volta está marcado para a próxima terça-feira, às 19h30, na Arena Pernambuco. Antes deste confronto, as duas equipes jogam pela Série B no sábado. O Mecão recebe o Atlético-GO na Arena das Dunas, enquanto o Timbu encara o Joinville fora de casa.

 

O jogo

Sem contar com o meia Arthur Maia, com uma lesão no pé esquerdo, o técnico Oliveira Canindé optou por escalar três atacantes – Adriano Pardal, Rodrigo Pimpão e Isac. A mudança no setor ofensivo deu mais posse de bola ao Mecão, que conseguiu impor o jogo, mas perdeu o volante Val, com uma lesão na coxa esquerda, logo no início da partida. Com o Náutico bem postado na defesa, o gol tinha que sair em um chute de fora da área. Isac, aos 30 minutos, bateu com categoria, no canto esquerdo de Alessandro. A vantagem no placar empolgou a equipe natalense. Alex Barros também arriscou de longe e levou perigo. Nos minutos finais, após cruzamento na área, Edson Rocha desviou de cabeça, mas Cleber não conseguiu completar.

Na etapa final, o América-RN voltou com o mesmo ímpeto e por pouco não ampliou aos cinco minutos. Rodrigo Pimpão recebeu cruzamento da direita, preparou e mandou um voleio para acertar o travessão. A bola bateu no travessão e linha, mas não entrou. Seria um golaço, e a jogada já valeu o aplauso dos presentes. O Náutico tentou responder com as entradas de Leleu e Vinícius, e não obteve resultado. As melhores jogadas do Náutico saíram dos pés do meia Zé Mário, mas a defesa americana não falhou. Do outro lado, o Mecão, quando teve nova oportunidade, não desperdiçou. Aos 38 minutos, após bobeira do zagueiro Leonardo Luiz, Max, que havia substituído Isac, entrou na área e chutou forte para superar Alessandro. E foi o próprio Max que assegurou a goleada, aos 45, após assistência de Rodrigo Pimpão. Festa completa na Arena das Dunas, e “dor de cabeça” para Oliveira Canindé decidir quem será o camisa 9 no próximo jogo.

Do Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.