sábado , dezembro 3 2016
Home / Saúde / Dica de saúde: Conheça a maneira correta de usar o fio dental

Dica de saúde: Conheça a maneira correta de usar o fio dental

Você utiliza o fio dental de maneira adequada?

O fio dental é essencial na higiene bucal, pois tem como função remover os resíduos nas áreas que a escova dental não alcança. O uso da escova de dente, por mais eficiente que seja, não consegue limpar a área entre os dentes.

Neste caso é imprescindível o uso do fio ou da fita dental, que deve ser utilizado no mínimo uma vez ao dia. Quem não tem o hábito de limpar os dentes com fio dental, corre um alto risco de ter cáries entre os dentes devido ao acúmulo de bactérias e restos alimentares.

 

Como utilizar o fio dental
1. Enrolar aproximadamente 40 centímetros do fio ao redor de cada dedo médio, deixando uns dez centímetros entre os dedos;
2. Segurar o fio dental entre o polegar e dedo indicador das duas mãos, deslizando-o levemente para cima e para baixo, entre os dentes;
3. Passar cuidadosamente o fio ao redor da base de cada dente, ultrapassando a linha de junção do dente com a gengiva, sem forçar o fio contra ela, para não cortar ou machucar o tecido gengival;
4. Utilizar uma parte nova do pedaço de fio dental para cada dente a ser limpo.
5. Para remover o fio, usar movimentos de trás para frente, retirando-o do meio dos dentes.

O que fazer se sangrar?
Quando o individuo utiliza o fio ou fita dental da maneira correta, em uma gengiva saudável, o certo é não sangrar. O sangramento é um sinal de inflamação na gengiva, podendo indicar uma gengivite ou até mesmo uma periodontite. Num primeiro momento redobre a higienização no local e observe por até 3 dias. Se o sangramento não desaparecer procure um dentista para diagnosticar o problema e orientar sobre o tratamento.

Tem diferença entre fio e a fita dental?
Não existe diferença significativa na função ou na eficácia, eles se diferem somente no formato. O fio é um filamento muito fino e a fita é mais larga e achatada. No caso de dentes sobrepostos (apinhamento), a fita pode não conseguir entrar devido ao pequeno espaço, sendo mais indicado o fio. Porem a fita por ser mais larga, tem uma área de atuação maior.

Apesar de existir, essa diferença é mínima, e a maioria dos pacientes consegue utilizar tanto a fita quanto o fio dental. Assim, o fator que deve definir qual tipo de produto deve ser utilizado é a afinidade e facilidade que cada pessoa sente com a fita e com o fio. Por isso, o mais indicado é que as pessoas experimentem utilizar os dois tipos antes de eleger o preferido.

Do que é feito o fio dental?
O mercado, atualmente, oferece uma grande variedade de marcas de fios/fitas dentários, inclusive alguns que contêm flúor. O fio dental pode ser feito filamentos de nylon, encerados ou não, com uma grande variedade de sabores. Como esse tipo de fio é composto de muitas fibras, ele pode, às vezes, rasgar ou desfiar, especialmente se os dentes forem muito juntos. Embora mais caro, o fio de filamento único (PTFE) dificilmente rompe além de deslizar mais facilmente entre os dentes, mesmo com pouco espaço Usados de maneira adequada os dois tipos de fio removem a placa bacteriana e os resíduos de alimentos com a mesma eficiência.

 

Por Dr. Alexandre Morita (CROSP 70.644) é cirurgião dentista especialista em estética dental.

Por Yahoo

One comment

  1. x2o4AL I think this is a real great article.Really thank you! Cool.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.