segunda-feira , dezembro 5 2016
Home / Justiça / Maior assassino em série do Brasil pega 108 anos de prisão

Maior assassino em série do Brasil pega 108 anos de prisão

Francisco das Chagas Brito, assassino dos “meninos emasculados” pega mais 108 anos de prisão

 

Considerado o maior assassino em série do país, o mecânico de bicicletas Francisco das Chagas Brito foi condenado na quarta-feira (26) a mais 108 anos e seis meses de prisão pelas mortes de Raimundo Nonato da Conceição Filho, 11, Eduardo Rocha da Silva, 10, e Edivam Pinto Lobato, 12. A condenação da 1ª Vara de Paço do Lumiar (MA) é a 11ª de Chagas, que ficou conhecido nacionalmente pelo “caso dos meninos emasculados”, e o somatório das penas chega a 385 anos e seis meses de reclusão.

O mecânico teria assassinado pelo menos 42 meninos e mutilado seus corpos, que foram encontrados sem os órgãos genitais, sendo que 30 moravam no Maranhão e 12, no Pará. Todas as vítimas tinham o mesmo perfil, com idade máxima de 15 anos e eram de famílias pobres. Ele atraía as crianças para áreas de matagal com a falsa promessa de recompensas e praticava os crimes, que teriam ocorrido entre 1991 e 2002.

No julgamento de ontem, a juíza Jaqueline Reis Caracas os jurados acataram a tese do Ministério Público de que o réu teria cometido homicídio triplamente qualificado: motivo torpe, emprego de meio cruel e impossibilidade de defesa das vítimas. Chagas também foi sentenciado pelo crime vilipêndio (desrespeito) a cadáver.

O mecânico está preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas desde 2004. De acordo com laudo pericial, Francisco das Chagas é portador de transtorno de personalidade e poderia voltar a praticar novos crimes se fosse solto.

UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.