sábado , dezembro 10 2016
Home / Futebol / Hernane marca e Flamengo derrota Emelec no Maracanã

Hernane marca e Flamengo derrota Emelec no Maracanã

Na possível despedida, Hernane marca e Flamengo vence o Emelec-EQU: 3 x 1

image_thumb-25255B15-25255D

O Flamengo fez valer o fator casa e venceu por 3 a 1 o Emelec-EQU, nesta quarta-feira, no Maracanã. A partida marcou a possível despedida do atacante Hernane, que marcou um dos gols e deve se transferir para o futebol  chinês. Com o resultado, os rubro-negros conquistaram seus primeiros pontos na Libertadores e estão na vice-liderança do grupo 7. Os equatorianos seguem com a mesma pontuação dos cariocas, mas atrás pelos critérios de desempate.

O Flamengo não teve boa atuação, mas fez valer a maior qualidade da equipe. Os cariocas abriram o placar no primeiro lance de perigo, com Elano, de falta. Na etapa final, foi a vez de Hernane marcar o seu primeiro gol no Maracanã na temporada e ampliar para os donos da casa. Com um a mais em campo, a equipe brasileira fez o terceiro, com Everton para garantir os três pontos.

Na próxima rodada, o Flamengo volta a atuar no Maracanã, desta vez contra o Bolívar-BOL, daqui a duas semanas. No mesmo dia, o Emelec encara o León-MEX no Equador, em busca da recuperação.

O jogo – O Emelec assustou o Flamengo no início da partida. Logo com dois minutos, após falta cobrada na área, Felipe saiu mal e Stracqualursi cabeceou, mas para fora para sorte dos rubro-negros. Os cariocas rapidamente mostraram domínio da posse de bola e abriram o placar aos dez minutos. Elano cobrou falta no`ângulo de Dreer, que pulou, mas viu a bola ir na rede.

Depois do gol, o Flamengo não conseguiu manter o ritmo e viu o Emelec equilibrar a partida. Os rubro-negros tinham mais posse de bola, mas eram pouco efetivos no ataque. Os equatorianos buscavam o ataque, mas erravam muito. Os cariocas só criaram nova chance aos 28 minutos. Em contra-ataque rápido, Everton entrou na área e chutou cruzado, mas a bola foi na trave.

No entanto, na parte final, o Flamengo recuou e permitiu o crescimento de produção do Emelec. Para sorte dos rubro-negros, o adversário não conseguia concretizar as boas jogadas. A torcida passou a vaiar a equipe e ficou insatisfeita com o rendimento da equipe no intervalo.

Assim como na etapa inicial, o Emelec assustou no começo do segundo tempo. Logo com um minuto, Gaibor bateu falta de longe e obrigou Felipe a fazer grande defesa. Só que a história se repetiu e os rubro-negros marcaram o segundo na primeira boa chance, aos nove minutos. André Santos cruzou rasteiro pela esquerda e Hernane se antecipou ao marcador para finalizar para a rede.

Novamente, o Flamengo diminuiu o ritmo e permitiu o crescimento do Emelec, que seguia errando muito na parte ofensiva e não levava perigo para Felipe. Os rubro-negros só voltaram a criar boa chance aos 26 minutos. Hernane recebeu na entrada da área e finalizou a esquerda do gol de Dreer. Logo depois, a situação melhorou para os cariocas. O equatoriano Achilier recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

Com um a mais, os donos da casa passaram a ter espaço para avançar e quase chegaram ao terceiro aos 29 minutos. Everton foi lançado na área, passou pelo goleiro, mas quando finalizou, viu a zaga salvar o gol. Na segunda chance que teve, aos 36, o meia não perdoou e tocou na saída do goleiro para fazer o terceiro do Flamengo no Maracanã.

Na parte final, o Flamengo diminuiu o ritmo e passou a administrar o resultado. O Emelec aproveitou e conseguiu marcar o gol de honra, aos 42 minutos, com Escalada, que finalizou de longe e contou com o desvio de Samir antes de entrar para dar número finais no Maracanã.

Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.