quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Poemas e poesias / O meu choro tornou-se tão calado que o silêncio parou pra escutar

O meu choro tornou-se tão calado que o silêncio parou pra escutar

Versos simplesmente espetaculares do reverendo, poeta, pesquisador e conhecedor das causas nordestinas, Brás Ivan Costa. O mote“O meu choro tornou-se tão calado/ que o silêncio parou pra escutar” é de de Didi Patriota, creio que seja da mesma linhagem de Louro, Otacílio e Dimas, os Batistas do vale do Pajeú. E Ivan com a inspiração que Deus derramou sobre a sua mente, glosou assim:

Desde que resolvi manter baixinho
O soluço ofegante do meu pranto
A saudade de ti aumentou tanto
Que não acho mais paz no meu caminho
Como é triste meu Deus amar sozinho
E não ter nem direito de chorar
Como é duro eu ter que disfarçar
Tanto amor no meu peito acumulado.
O MEU CHORO TORNOU-SE TÃO CALADO
QUE O SILÊNCIO PAROU PRA ESCUTAR.

Quem me ver cabisbaixo e pensativo
Só da fé dos mil goles que engulo
Não conhece a dor que acumulo
Nem do meu padecer qual o motivo.
A cachaça é somente um lenitivo,
Alivia, mas, sem sicatrizar
Como posso a bebida abandonar,
Se só ela é que fica do meu lado?
O MEU CHORO TORNOU-SE TÃO CALADO
QUE O SILÊNCIO PAROU PARA ESCUTAR.

Brás Costa do mote de Didi Patriota. "Requiescat in Pace"!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.