quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Esportes / Ceará tem ataque letal na Série B do Brasileiro, 46 gols

Ceará tem ataque letal na Série B do Brasileiro, 46 gols

O ataque do Ceará, formado por Magno Alves, Mota e Lulinha, impressionou ao marcar os cinco gols da equipe contra o Bragantino ontem pela 28ª rodada da Série B, no Castelão.
O ataque do Vovô vem sendo a base da reação do time no Nacional

Ceará tem ataque letal na Série B do Brasileiro, 46 gols

Com dois gols do Magnata, dois de Mota e um de Lulinha, o ataque alvinegro mantém uma escrita que já perdura por sete jogos da equipe, que embalou neste período, chegando ao 6º lugar, a dois pontos do G-4 da Série B: só atacantes balançaram as redes.
Afinados

Neste intervalo, foram 17 gols marcados, sempre divididos entre quatro jogadores de frente: Magno Alves com seis gols, Lulinha com cinco, Mota com quatro e Léo Gamalho com dois, este último reserva de luxo, sempre entrando bem na ausência de um dos três.
Lulinha comemorou o momento do ataque alvinegro, que já é o terceiro da Série B, com 46 gols marcados, só atrás de Palmeiras e Chapecoense. "Estamos muito bem e ficarmos felizes por isso. O time está entrosado, o ataque também, e facilita".
O vice-presidente do clube, Robinson de Castro, deu os méritos para a melhoria no setor ao treinador Sérgio Soares. "Esse ataque faz a diferença. E isso foi possível pela ousadia do técnico em privilegiar o talento. Em outros tempos aqui, seria impensável atuar com todos esses jogadores ao mesmo tempo. O mérito também é dele", analisa.
Os sete jogos

A marca começou a ser escrita no dia 14 de setembro, na goleada contra o ABC/RN por 4 a 0, no Castelão. Naquela partida, Magno Alves fez três e Lulinha um.
No jogo seguinte diante do Oeste, vencido pelo Alvinegro por 1 a 0 no Castelão, o autor do gol foi Lulinha.
Nos 2 a 1 contra o Boa Esporte, fora de casa, nem a ausência de Magno Alves diminuiu o desempenho do ataque, com Mota marcando o primeiro, e o substituto do "Magnata", Léo Gamalho, garantindo a vitória.
Na rodada seguinte, no polêmico jogo diante do Figueirense, em Florianópolis (SC), que teve a arbitragem muito contestada pela diretoria alvinegra na derrota por 2 a 1, foi Mota quem marcou o gol do Ceará.
Mas já no confronto seguinte o Ceará se recuperaria, vencendo o Icasa por 1 a 0 no Castelão. E, para variar, com gol de atacante: outra vez Lulinha.
Pela 27ª rodada, fora de casa, contra o ASA, sem Mota, suspenso, a missão dos gols ficaram por conta de Lulinha, Magno Alves e Léo Gamalho, que marcaram, um cada, na vitória de 3 a 2.
E finalmente, na última terça-feira, o ataque do Vovô – novamente completo com o retorno de Mota – marcou seu maior número de gols em conjunto: cinco, na vitória de 5 a 3 diante do Bragantino, no Castelão. Magno Alves fez dois, Mota outros dois, e Lulinha fechou a conta.
VLADIMIR MARQUES
REPÓRTER
Diretoria espera casa cheia contra o Paraná
A venda de ingressos para a partida entre Ceará e Paraná, no sábado, às 16h20, no Castelão pela 29ª rodada da Série B começou ontem nas quatro lojas oficiais do clube e pelo site oficial, de forma online.
Os bilhetes estão sendo vendidos por R$ 30,00 a Arquibancada Superior; R$ 40,00 a Arquibancada Inferior; R$ 50,00 o Setor Especial e R$ 60,00 o Setor Premium.
A diretoria do clube espera um público bem expressivo. "Esperamos a presença maciça do torcedor alvinegro, algo superior a 40 mil pessoas. Será fundamental o apoio dela, principalmente pelo momento que o clube vive na Série B. É um jogo com atrativos, já que podemos entrar pela primeira vez no G-4, além do belo futebol que o Ceará está jogando", disse o vice-presidente Robinson de Castro.
Sem promoção

O dirigente explicou ainda por que a partida de sábado não terá bilhetes com preços mais acessíveis. "Não podemos fazer promoção de ingressos sempre. Em alguns jogos é possível, como na última terça-feira, mas no sábado não será. Temos compromissos financeiros e a promoção não pode ser feita a todo momento. Para esta ocasião, pedidos a compreensão do torcedor. O jogo é excelente e o horário fabuloso", argumentou Robinson.

SAIBA MAIS
Em toda a Série B

Dos 46 gols marcados pelo Ceará na Série B deste ano, 36 foram anotados pelos quatro jogadores, Magno Alves (15 gols), Lulinha (11), Mota (6), e Léo Gamalho (5); ou seja, 78% dos gols da equipe em 28 jogos na Série B
No ano

Em 2013, o Ceará já marcou 101 gols, marca alcançada contra o Bragantino. Além dos 46 tentos na Série B, 13 saíram no Nordestão, 35 no Estadual, e sete na Copa do Brasil. Com tais números, o clube tem o 3º melhor ataque do Brasil na temporada, atrás de Cruzeiro (com 113 gols) e Atlético/MG (106 gols)

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.