quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Polícia / Viciada em drogas é morta a tiros no bairro Nossa Senhora da Apresentação, Zona Norte de Natal

Viciada em drogas é morta a tiros no bairro Nossa Senhora da Apresentação, Zona Norte de Natal

Irmã da vítima disse que ela era usuária desde os 14 anos e passava mais tempo nas ruas do que em casa.

Uma mulher foi assassinada na avenida Maranguape, no Jardim Progresso, em Nossa Senhora da Apresentação, zona Norte de Natal. O crime aconteceu por volta das 21h e, de acordo com familiares de Adreiza Cassiano Pereira, de 23 anos, ela era viciada em drogas desde os 14 anos. A vítima, mais conhecida como Tita, sofreu três disparos, sendo um no pescoço, outro no ombro e um na cabeça. De acordo com o sargento Ferreira, do 4º Batalhão da Polícia Militar, ninguém no local quis passar informações sobre as circunstâncias do assassinato da mulher. Populares apenas revelaram que a mulher seria moradora de rua. No entanto, uma irmã da vítima esteve na cena do crime e confirmou que Andreiza era viciada em drogas. “A minha família fez de tudo para ela sair desse mundo, mas não teve jeito. Inclusive, a gente esperava por esse fim”, lamentou Andreza Cassiano. A irmã contou ainda que Andreiza realmente passava mais tempo na rua do que em casa. Profissionais do Instituto Téncico-Científico de Polícia (ITEP) estiveram no local e levaram o corpo para a sede do órgão. A avenida Maranguape, onde aconteceu o homicídio, já foi cenário de outros crimes.

Uma mulher foi assassinada na avenida Maranguape, no Jardim Progresso, em Nossa Senhora da Apresentação, zona Norte de Natal. O crime aconteceu por volta das 21h e, de acordo com familiares de Adreiza Cassiano Pereira, de 23 anos, ela era viciada em drogas desde os 14 anos.

A vítima, mais conhecida como Tita, sofreu três disparos, sendo um no pescoço, outro no ombro e um na cabeça. De acordo com o sargento Ferreira, do 4º Batalhão da Polícia Militar, ninguém no local quis passar informações sobre as circunstâncias do assassinato da mulher.

Populares apenas revelaram que a mulher seria moradora de rua. No entanto, uma irmã da vítima esteve na cena do crime e confirmou que Andreiza era viciada em drogas. “A minha família fez de tudo para ela sair desse mundo, mas não teve jeito. Inclusive, a gente esperava por esse fim”, lamentou Andreza Cassiano.

A irmã contou ainda que Andreiza realmente passava mais tempo na rua do que em casa. Profissionais do Instituto Téncico-Científico de Polícia (ITEP) estiveram no local e levaram o corpo para a sede do órgão. A avenida Maranguape, onde aconteceu o homicídio, já foi cenário de outros crimes.

Do Portal BO

VEJA TAMBÉM:

Ex-presidiário é assassinado com tiros na cabeça no bairro Felipe Camarão

Pedreiro é assassinado a tiro ao reagir a assalto no Igapó

Mais um crime violento em Mossoró: 134ª morte do ano 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.