quarta-feira , dezembro 7 2016
Home / Polícia / Pedreiro é assassinado a tiro ao reagir a assalto no Igapó

Pedreiro é assassinado a tiro ao reagir a assalto no Igapó

Vítima se agarrou com ladrão que tentava roubar sua motocicleta e foi atingido por tiro.

Um crime de latrocínio foi registrado na rua Nossa Senhora do Ó, no bairro de Igapó, na tarde desta segunda-feira (16). O pedreiro Alexandre Coelho da Silva, de 33 anos, estava saindo da casa de um amigo, onde tinha ido se informar sobre um serviço que tinha sido prometido a ele, quando foi surpreendido. Alexandre estava acompanhado de Luciclede Pequena da Silva, mulher dele. Os dois estavam em uma motocicleta Honda Fan. Quando saíram da residência do amigo, eles foram abordados por um jovem armado com um revólver, que anunciou o assalto. O ladrão pediu que a vítima ligasse a moto, deixasse em neutro e saísse de cima do veículo. Em determinado momento da ação, Alexandre acabou reagindo ao assalto e tentou agarrar o assaltante, entrando em luta corporal com ele. Luciclede Pequena disse que o companheiro chegou a socar o suspeito, que deixou a arma cair. Ao invés de pegar a arma, a vítima tentou pegar a moto para fugir e, com isso, o bandido pegou a arma e atirou no peito do pedreiro, que caiu morto no local. “Eu pedi muito que ele entregasse a moto, pois sabia que o bandido ia atirar”, disse Lucicleide. Os dois moravam em São José de Mipibu e estavam procurando serviço para se mudarem para Natal. A Polícia Militar realizou diligências, no entanto, até o momento, nenhum suspeito foi localizado. Fotos: Sérgio Costa / Portal BO

Um crime de latrocínio foi registrado na rua Nossa Senhora do Ó, no bairro de Igapó, na tarde desta segunda-feira (16). O pedreiro Alexandre Coelho da Silva, de 33 anos, estava saindo da casa de um amigo, onde tinha ido se informar sobre um serviço que tinha sido prometido a ele, quando foi surpreendido.

Um crime de latrocínio foi registrado na rua Nossa Senhora do Ó, no bairro de Igapó, na tarde desta segunda-feira (16). O pedreiro Alexandre Coelho da Silva, de 33 anos, estava saindo da casa de um amigo, onde tinha ido se informar sobre um serviço que tinha sido prometido a ele, quando foi surpreendido. Alexandre estava acompanhado de Luciclede Pequena da Silva, mulher dele. Os dois estavam em uma motocicleta Honda Fan. Quando saíram da residência do amigo, eles foram abordados por um jovem armado com um revólver, que anunciou o assalto. O ladrão pediu que a vítima ligasse a moto, deixasse em neutro e saísse de cima do veículo. Em determinado momento da ação, Alexandre acabou reagindo ao assalto e tentou agarrar o assaltante, entrando em luta corporal com ele. Luciclede Pequena disse que o companheiro chegou a socar o suspeito, que deixou a arma cair. Ao invés de pegar a arma, a vítima tentou pegar a moto para fugir e, com isso, o bandido pegou a arma e atirou no peito do pedreiro, que caiu morto no local. “Eu pedi muito que ele entregasse a moto, pois sabia que o bandido ia atirar”, disse Lucicleide. Os dois moravam em São José de Mipibu e estavam procurando serviço para se mudarem para Natal. A Polícia Militar realizou diligências, no entanto, até o momento, nenhum suspeito foi localizado. Fotos: Sérgio Costa / Portal BO

Alexandre estava acompanhado de Luciclede Pequena da Silva, mulher dele. Os dois estavam em uma motocicleta Honda Fan. Quando saíram da residência do amigo, eles foram abordados por um jovem armado com um revólver, que anunciou o assalto.

O ladrão pediu que a vítima ligasse a moto, deixasse em neutro e saísse de cima do veículo. Em determinado momento da ação, Alexandre acabou reagindo ao assalto e tentou agarrar o assaltante, entrando em luta corporal com ele.

Luciclede Pequena disse que o companheiro chegou a socar o suspeito, que deixou a arma cair. Ao invés de pegar a arma, a vítima tentou pegar a moto para fugir e, com isso, o bandido pegou a arma e atirou no peito do pedreiro, que caiu morto no local.

“Eu pedi muito que ele entregasse a moto, pois sabia que o bandido ia atirar”, disse Lucicleide. Os dois moravam em São José de Mipibu e estavam procurando serviço para se mudarem para Natal. A Polícia Militar realizou diligências, no entanto, até o momento, nenhum suspeito foi localizado.

Fotos: Sérgio Costa / Portal BO

Fonte: Portal BO

Um crime de latrocínio foi registrado na rua Nossa Senhora do Ó, no bairro de Igapó, na tarde desta segunda-feira (16). O pedreiro Alexandre Coelho da Silva, de 33 anos, estava saindo da casa de um amigo, onde tinha ido se informar sobre um serviço que tinha sido prometido a ele, quando foi surpreendido. Alexandre estava acompanhado de Luciclede Pequena da Silva, mulher dele. Os dois estavam em uma motocicleta Honda Fan. Quando saíram da residência do amigo, eles foram abordados por um jovem armado com um revólver, que anunciou o assalto. O ladrão pediu que a vítima ligasse a moto, deixasse em neutro e saísse de cima do veículo. Em determinado momento da ação, Alexandre acabou reagindo ao assalto e tentou agarrar o assaltante, entrando em luta corporal com ele. Luciclede Pequena disse que o companheiro chegou a socar o suspeito, que deixou a arma cair. Ao invés de pegar a arma, a vítima tentou pegar a moto para fugir e, com isso, o bandido pegou a arma e atirou no peito do pedreiro, que caiu morto no local. “Eu pedi muito que ele entregasse a moto, pois sabia que o bandido ia atirar”, disse Lucicleide. Os dois moravam em São José de Mipibu e estavam procurando serviço para se mudarem para Natal. A Polícia Militar realizou diligências, no entanto, até o momento, nenhum suspeito foi localizado. Fotos: Sérgio Costa / Portal BO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.