domingo , dezembro 11 2016
Home / RN / Governo do RN corta R$ 28,7 mi de investimento e custeio em setembro e atrasará salários

Governo do RN corta R$ 28,7 mi de investimento e custeio em setembro e atrasará salários

Em contrapartida, folha líquida teve aumento de R$ 59,5 milhões.
Números são referentes a setembro. Governo vai atrasar salários.

Governo do RN corta R$ 28,7 mi de investimento e custeio em setembro e atrasará salários

Balanço financeiro foi apresentado nesta quinta
por secretários do RN (Foto: Ivanízio Ramos)

O governo do Rio Grande do Norte gastou R$ 28,7 milhões a menos com investimento e custeio da máquina pública em setembro deste ano. A redução da verba aplicada nas duas áreas está no balanço financeiro apresentado nesta quinta-feira (26), quando foi anunciado que os salários de 8% dos servidores vão atrasar. O atraso salarial está relacionado à queda de arrecadação do governo, segundo informou o secretário de Planejamento e Finanças, Francisco Obery Rodrigues.
Em relação ao custeio, a despesa estimada com custeio em setembro era de R$ 39,9 milhões, mas o gasto realizado foi de R$ 25,5 milhões. Já no investimento a estimativa era gastar R$ 18,4 milhões. A despesa realizada atingiu R$ 4 milhões.
Em contrapartida, a folha líquida do Poder Executivo e da Defensoria Pública chegou aos R$ 231,6 milhões, enquanto o estimado era gastar 172,1 milhões. A diferença foi de R$ 59,5 milhões, mais que o dobro dos cortes com custeio e investimento. Outro número que pesou foi o de bloqueios judiciais, área em que o Estado esperava não gastar nada, segundo o que está descrito no balanço financeiro. No entanto, o número fechou em R$ 6,7 milhões em relação aos bloqueitos efetuados pela Justiça na na conta do Estado.

Salários atrasados
O governo anunciou que vai atrasar os salários de 6.600 servidores que recebem acima de R$ 3 mil líquidos. O número representa 8% do total de servidores da folha do Estado. Os outros 92% vão receber os rendimentos no dia 30 de setembro. Enquanto isso, os salários atrasados entrarão nas contas dos servidores no dia 10 de outubro.

As informações foram repassadas pelo secretário de Planejamento e Finanças, Francisco Obery Rodrigues, durante entrevista coletiva na tarde desta quinta no auditório da Governadoria. O atraso salarial está relacionado à queda de arrecadação do governo, segundo informou o secretário, que detalhou os gastos e a receita do Estado em setembro.
O balanço financeiro mostra uma diferença de R$ 50.159.221 entre despesa e receita. Enquanto foram arrecadados R$ 586.670.102, o governo gastou R$ 636.829.323.

Os 92% dos servidores que receberão os salários no dia 30 ganham até R$ 3 mil e trabalham nas administrações direta e indireta. A folha do Estado tem 101.265 servidores ativos e inativos, que consomem um total de R$ 297.819.006.

Os servidores com salários previstos para o dia 30 trabalham nas áreas de saúde, educação, segurança, Defensoria Pública, Universidade Estadual do RN (UERN), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Junta Comercial do Estado (Jucern), Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (Ipern) e Instituto de Desenvolvimento e Meio Ambiente (Idema)

Do G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.