domingo , dezembro 4 2016
Home / variedades / Facex9, ferramenta permite monitorar amigos na rede social

Facex9, ferramenta permite monitorar amigos na rede social

Segundo seu criador, também pode servir para uma empresa saber o que se fala dela na rede social

Facex9, ferramenta permite monitorar amigos na rede socialO Facex9.com oferece mais de 30 maneiras de pesquisar atividades (Foto: Divulgação)

A ideia é simples. Criar um sistema de busca avançado para monitorar todo o feed de amigos no Facebook, de uma forma rápida e objetiva. Assim, empresas podem saber o que delas é falada na rede, por exemplo, assim como maridos ciumentos podem seguir mais de perto os passos da esposa na rede social.
Foi assim que surgiu o Facex9.com (x9 é uma referência à gíria associada a quem é fofoqueiro, "dedo-duro"), criado pelos sócios Flavio Estevam e Evandro Magalhães, de Campo Grande/MS, já famosos por terem idealizado o Namoro Fake, que permite criar um namorado falso virtual de aluguel.
Utilizada em forma de teste por mais de 2600 usuários, o Facex9.com roda apenas em computadores e permite pesquisar todo histórico das atividades dos seus amigos de Facebook. Segundo seu criador, o aplicativo não influencia em nada o funcionamento da rede social, pois trabalha de forma separada e independente. Ele registra as atividades das últimas 24 horas e dá acesso a vários filtros de pesquisa.

O Facex9.com oferece mais de 30 maneiras de pesquisar atividades, além do recurso principal de busca por palavras chaves. Assim, as empresas podem acompanhar em tempo real o que os usuários estão falando a seu respeito, criar um banco de dados e montar estratégias de mercado.

No campo pessoal, é possível saber o que seu filho curtiu, comentou, compartilhou no final de semana em que você não o acompanhou em tempo real, ou quais posts sua namorada curtiu e comentou nas últimas 24 horas.
A versão atual do Facex9.com disponibiliza o teste gratuito de 3 dias e a contratação da licença é de R$ 9,90 ao mês, com planos de desconto para assinaturas trimestrais ou semestrais.
A próxima versão já está sendo desenvolvida e deve permitir a pesquisa de informações dos usuários na própria fan page da empresa. “Nossa meta é chegarmos a 100 mil usuários, mas caso o Facebook crie uma ferramenta própria de busca do feed, aí estamos quebrados”, afirmou Flavio.

Fonte: PEGN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.