sábado , dezembro 10 2016
Home / Futebol / Deputado Romário se encontra com Maradona e pede prisão a corruptos do futebol

Deputado Romário se encontra com Maradona e pede prisão a corruptos do futebol

Deputado Romário se encontra com Maradona e pede prisão a corruptos do futebol

Diego Maradona chega ao Parque São Jorge para se encontrar com Romário e com o ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez

Romário e Maradona integram lista de ex-jogadores que participam de evento no Parque São Jorge, nesta quarta, para discutir o futebol sul-americano e ações promovidas pela Conmebol. O Baixinho foi um dos poucos a falar com a imprensa. Com sua língua afiada, o ex-atacante disse que a corrupção impera no futebol atual e pede prisão às pessoas que tiverem ligações comprovadas em esquemas ilegais.

"Chegou a hora dos responsáveis pagarem pelo que fazem. Chegou a hora desses responsáveis irem para a cadeia. Estou aqui como um ex-jogador que quer ver o futebol de forma honesta e digna. E não é o que está acontecendo", disse Romário, sem endereçar nomes nas críticas.

Como deputado federal, Romário tem questionado a conduta de Ricardo Teixeira e José Maria Marin, ex-presidente e presidente, respectivamente, à frente da Confederação Brasileira de Futebol.

O evento no Parque São Jorge reúne ídolos da América que fizeram sucesso no passado, entre os quais Romário, Maradona, Careca, Francescoli e Chilavert.

Estarão em pauta assuntos como as premiações propostas pela Conmebol na Copa Libertadores e na Copa Sul-Americana, além de outros pontos na relação entre a entidade e as equipes.

A Conmebol costuma pagar premiações baixas para os campeões das competições que organiza e não abre para os clubes participantes as receitas obtidas em patrocínio e venda de direitos de transmissão. Andrés, por exemplo, costumava dizer que disputar Libertadores não era viável economicamente em razão do alto custo da logística em jogos fora do país e pela baixa premiação.

UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.