segunda-feira , janeiro 23 2017
Home / RN / Currais Novos e Acari discutem economia e racionamento de água em reunião na AMSO

Currais Novos e Acari discutem economia e racionamento de água em reunião na AMSO

Ciclo SESC em Currais Novos reuniu cerca de 500 pessoas neste domingo, 22

Você já parou para pensar como seria difícil a sua vida sem água? Foi com essa preocupação que a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte – CAERN em parceria com a 9ª DIRED realizaram na manhã desta segunda-feira (23) no auditório da AMSO, reunião para discutir a economia de água nas cidades de Currais Novos e Acari. Diante da situação preocupante de armazenamento de água no açude Gargalheiras, que conta com 20% da sua capacidade, a secretaria municipal de educação de Acari iniciou um projeto de reeducação e conscientização sobre o uso correto da água junto aos alunos do município. “É preciso reeducar a população, e através das escolas poderemos fortalecer estas ações”, afirmou o professor e secretário de educação de Acari, Josias Ivo. O encontro contou com a participação de Ivânia Torres, diretora da 9ª DIRED; Francisco Moreira, secretário de meio ambiente, agricultura e abastecimento de Currais Novos; Izaías Cabral, prefeito de Acari; José Nilson de Araújo, gerente regional da CAERN; Adelson Sebastião dos Santos, gerente do escritório da CAERN em Acari; José Eudes, chefe do escritório da CAERN em Currais Novos; vereadores, representantes de escolas, instituições, e sociedade. Francisco Moreira parabenizou a iniciativa e afirmou que com a ajuda das escolas e dos alunos, a reeducação será importante para a melhor utilização da água. “Precisamos realizar ações junto às escolas de Currais Novos para conscientizarmos a população sobre o uso correto da água”, comentou Moreira. A CAERN alertou sobre o consumo irracional da água, que poderá prejudicar o abastecimento das duas cidades. Em março deste ano, o Gargalheiras estava com 37% de sua capacidade, e agora, seis meses depois, apresenta 20%, e caso o ritmo de consumo se mantenha, o manancial terá apenas 3% em março de 2014. Através da articulação entre as prefeituras junto às secretarias de educação e CAERN, a economia da água irá minimizar os graves efeitos da estiagem caso não chova no próximo período de chuvas.

Assecom Currais Novos

veja também:

Ciclo SESC em Currais Novos reuniu cerca de 500 pessoas neste domingo, 22

Cedec participa do X Fórum Nacional de Defesa Civil

Cultura: Inscrições para cursos técnicos de Dança e Música começam em outubro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As gostosas do BBB em ensaios da Playboy e Sexy
error: Você não tem permissão para usar essa função.