domingo , dezembro 4 2016
Home / Nacional / Carreta invade quintal de casa em Ferraz de Vasconcelos-SP

Carreta invade quintal de casa em Ferraz de Vasconcelos-SP

Motorista não teria conseguido subir ladeira no Jardim Maria Cecília.
Ninguém se feriu e polícia aguarda guindaste para remover carreta.

Carreta destrói muro de casa em Ferraz (Foto: Kriss Oliveira/TV Diário)

Carreta destrói muro de casa em Ferraz (Foto: Kriss Oliveira/TV Diário)

Uma carreta invadiu na madrugada desta terça- feira (3) o quintal de uma casa em Ferraz de Vasconcelos (SP). Segundo o dono do imóvel, o veículo não teria conseguido subir uma ladeira que fica no Jardim Maria Cecília, e por isso teria descido e atingido o muro da residência. Ninguém ficou ferido.

Carreta cai em quintal de casa em Ferraz (Foto: Kriss Oliveira/TV Diário)

Apenas cabine do caminhão ficou na rua
(Foto: Kriss Oliveira/TV Diário)

O servidor público, Alexandre da Luz, e a família dormiam quando a carreta com 25 toneladas de barras de aço destruiu o muro da residência. “Foi um susto enorme. Por pouco o quarto em que eu dormia com minha esposa não foi invadido”, diz. “Sai na janela e vi a poeira branca e as luzes do caminhão. Ele bateu no muro e primeiro derrubou um pedaço dele. O motorista disse que tentou subir de novo, mas o caminhão não aguentou o peso da carga e caiu de vez no quintal”.

O caminhão é de uma transportadora de Minas Gerais. A Polícia Militar interditou o local com uma faixa e informou que aguarda um guindaste para remover a carreta. Ainda não há previsão para retirada.

A residência, segundo o morador, fica abaixo do nível da rua já que a via é bem íngreme. Toda a frente da residência, cerca de 20 metros de muro, ficou destruída. Apenas a cabine do caminhão ficou na rua. “A carreta está atolada. O muro veio totalmente abaixo. O portão ficou intacto porque fica mais para o lado. Por sorte esta noite o carro não estava na garagem. O prejuízo seria bem maior”, afirma Luz. O morador estima um prejuízo de R$ 20 mil. “Agora não sei como isso vai ficar. Não sei se a transportadora tem seguro. Estou perdido”.

Morador do local há oito anos, o servidor público diz que esse não é o primeiro acidente na rua. “Uma outra vez um caminhão quase invadiu outra casa. Foi por pouco também”.

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.