domingo , dezembro 11 2016
Home / Esportes / Bahia apronta no Maracanã e consegue virada em cima do Botafogo

Bahia apronta no Maracanã e consegue virada em cima do Botafogo

O Botafogo foi surpreendido na tarde deste domingo em pleno Maracanã. O visitante Bahia saiu atrás no placar, e, superior em campo, foi atrás da virada e derrotou o alvinegro carioca por 2 a 1. Os gols baianos foram marcados no final do segundo tempo por Fernandão e Obina. Edílson abriu o placar para o Botafogo cobrando falta no primeiro tempo.O Botafogo foi surpreendido na tarde deste domingo em pleno Maracanã. O visitante Bahia saiu atrás no placar, e, superior em campo, foi atrás da virada e derrotou o alvinegro carioca por 2 a 1. Os gols baianos foram marcados no final do segundo tempo por Fernandão e Obina. Edílson abriu o placar para o Botafogo cobrando falta no primeiro tempo.

Com o empate do líder Cruzeiro diante do Corinthians, o Botafogo estacionou nos 42 pontos e viu a distância para a Raposa aumentar para sete pontos. Já o Bahia respira na tabela e vai a 31 pontos, se afastando da zona do rebaixamento.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Botafogo recebe a Ponte Preta no sábado, novamente no Maracanã. O Bahia joga em casa, no domingo, diante do Vasco.

O jogo – Botafogo e Bahia protagonizaram um primeiro tempo surpreendente neste domingo. O Alvinegro, que é vice-líder do Brasileirão, vinha de derrota para o líder Cruzeiro e, jogando em casa, precisava mostrar que não se abalou com o resultado da última quarta-feira.

Entretanto, foi o Bahia, com campanha irregular e próximo da zona do rebaixamento, que tomou a iniciativa do jogo no Maracanã. Os comandados de Cristóvão Borges foram ao Rio com a proposta de pressionar o Botafogo em seu próprio campo, e se aproveitou dos erros de passes dos cariocas.

Os sustos começaram aos oito minutos, com Marquinhos cobrando falta direto para o gol e obrigando Jéfferson a trabalhar. Na sequência, a defesa carioca bobeia na saída de bola e Marquinhos aparece para pressionar. Jéfferson defende e tranquiliza o time.

A defesa do Bota continuava errando pressionada pelo Bahia. Aos 12, Barbio avançou livre desde o meio de campo e concluiu para fora.

As dificuldades do Alvinegro ficaram evidentes quando aos 20, Rafael Marques, sem conseguir penetrar, arricou de longe sem levar perigo.

E o Bahia continuava em cima. Aos 23, Marquinhos recebu livre e mandou de fora da área. A bola passou perto do gol de Jéfferson mas foi para fora.

Aos 30, a sorte virou de lado. Falta de Feijão sobre Rafael Marques na intermediária. Edílson cobrou com violência e contou com falha de Marcelo Lomba para abrir o placar no Maracanã.

Oswaldo de Oliveira fez uma alteração no intervalo, tirando Seedorf para colocar Hyuri, e logo aos seis foi obrigado a tirar Elias, com dores, para colocar Alex.

 

E o Bota voltou mais disposto. Aos sete, o Alvinegro pressionava e Alex acertou o canto de Lomba, que defendeu. No rebote, Lodeiro mandou de primeira e Lomba mais uma vez salvou o Bahia.

Os baianos responderam aos 11. Feijão cruzou, Fernandão desviou e a bola sobrou para Lucas Fonseca, que desperdiçou. Na sequência, o Bota acionou o contra-ataque, Rafael Marques arriscou de longe e Lomba espalmou. Hyuri pegou o rebote mas Lomba salvou milagrosamente o gol.

O Bahia continuava chegando com perigo. Aos 24, Wallyson, que havia entrado no lugar de Madson, chutou cruzado e a bola quase entrou após desviar na zaga. No minuto seguinte, Hélder chutou de fora da área e Jéfferson defendeu.

A história do jogo começou a mudar aos 36, quando Wallyson cruzou da esquerda na cabeça de Fernandão, que mandou no ângulo de Jéfferson para empatar.

Depois de ter diminuído o ritmo, o Botafogo acordouy e partiu em busca da vitória, mas acabou punido aos 40. Falta cobrada por Wallyson, e Obina livre desviou de cabeça e decretou a virada baiana em pleno Maracanã.

Os cariocas ainda tentaram pressionar no final, mas amargaram a segunda derrota seguida no Brasileirão.

Gazeta Press

VEJA TAMBÉM:

Flamengo não passa de um empate sem gol contra o Náutico em Pernambuco

Vettel vence GP de Cingapura e fica mais perto do tetra na F1

Renan Barão cumpre promessa, nocauteia Dominick e segue com o cinturão do UFC

UFC 165: Jones vence Gustafsson e quebra recorde como campeão do UFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.