sábado , dezembro 10 2016
Home / Mundo / Ataque de enxame de vespas deixa 28 pessoas mortas e centenas feridas na China

Ataque de enxame de vespas deixa 28 pessoas mortas e centenas feridas na China

Ataque de enxame de vespas deixa 28 pessoas mortas e centenas feridas na China

Vinte e oito pessoas morreram e centenas ficaram feridas em uma onda de ataques de vespas gigantes na China, de acordo com relatórios do “Metro”. Muitas das vítimas foram perseguidas por centenas de metros pela vespas antes de serem picadas até 200 vezes.

A maioria dos ataques dos últimos três meses foram em áreas rurais e arborizadas remotas do sul de Shaanxi (China). Na cidade de Ankang, 18 pessoas morreram em decorrência das picadas. Moradores das cidades de Hanzhong e Shangluo também foram feridos.

As picadas altamente tóxicas dos insetos podem levar a um choque anafilático e insuficiência renal. Um funcionário do centro de controle de doença de Ankang pediu as pessoas que receberam mais de 10 picadas que procurem ajuda médica, e advertiu que o tratamento de emergência é necessário para os picados mais de 30 vezes. Uma mulher de 50 anos disse que tinha passado quase um mês no hospital e ainda estava incontinente depois de receber mais de 200 picadas. Um homem de sua aldeia morreu de insuficiência renal.

Ataque de enxame de vespas deixa 28 pessoas mortas e centenas feridas na China

Os ataques de vespas são um problema recorrente entre Maio e Novembro em algumas regiões da China. Segundo a polícia de Ankang, 36 pessoas morreram na cidade e 715 ficaram feridas pelas criaturas, entre 2002 e 2005. Mas autoridades da cidade de Zhou disseram o ataque foi particularmente grave este ano, possivelmente por causa das mudanças climáticas. Especialistas acreditam que as temperaturas mais quentes na área no ano passado, ajudaram na reprodução dos insetos, e que trabalhadores têm-se movido mais em áreas onde eles possam perturbar os ninhos das vespas.

Li Jiuzhou, vice-diretor do Bee Shaanxi e Wasp Industry Association, disse que centenas ou mesmo milhares de vespas poderiam viver em um único ninho. Mas que elas atacam os seres humanos somente se forem perturbadas, acrescentou. Bombeiros de Ankang removeram mais de 300 ninhos neste verão, mas especialistas disseram que é improvável acabar totalmente com elas.

Wang Zhengcai, um funcionário de uma das vilas afetadas, havia alertado as pessoas a ter cuidado ao entrarem na floresta. As autoridades locais também se comprometeram a ajudar os pacientes a pagar o tratamento, por causa do alto custo para a população rural pobre. A culpada pelos ataques parece ser a gigante asiático hornet ou vespa mandarinia, que cresce até 5 cm de comprimento, com um ferrão de 6mm que injeta uma grande quantidade de um veneno poderoso, que tem uma grande concentração de acetilcolina causando uma dor maior do que de qualquer outra picada de inseto. Uma enzima em seu veneno pode dissolver o tecido humano. Além de conter pelo menos oito substâncias químicas distintas, o veneno se produz de tal forma que atrai os outros de sua espécie para a vítima e como todos os outros zangões, eles podem picar repetidamente. A região também é o lar da menor hornet asiática (vespa velutina nigrithorax).

Via mundo louco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.