quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Esportes / Acabou para Massa na Ferrari; Escuderia italiana anuncia Kimi Räikkönen para 2014

Acabou para Massa na Ferrari; Escuderia italiana anuncia Kimi Räikkönen para 2014

O Homem de gelo vai ocupar a vaga do brasileiro Felipe Massa

O "Homem de Gelo" Kimi Räikkönen será o substituto de Felipe Massa na Ferrari, confirmando as expectativas geradas nos últimos dias e principalmente na terça-feira, quando o brasileiro anunciou sua despedida da escuderia. O finlandês, que foi campeão mundial pela equipe italiana, deixa a Lotus e retorna após quatro anos para ser o parceiro de Fernando Alonso no Mundial de 2014. O anúncio foi feito no site oficial da Ferrari e foi acompanhado de palavras do chefe da equipe Stefano Domenicali, que agradeceu pela parceria de oito temporadas com Felipe Massa - na melhor delas, o brasileiro foi vice-campeão em 2008. O brasileiro segue correndo no time até o final do ano. "Estou muito contente de receber de volta Kimi na Ferrari, equipe na qual ele foi coroado campeão do mundo. Eu me senti muito feliz em vê-lo voltar a Maranello e o vejo muito determinado para enfrentar da melhor maneira o trabalho que o espera", disse Stefano Domenicali. "Estou verdadeiramente contente de voltar a Maranello, depois de ter passado três anos fantásticos e ricos em vitórias. Tenho muitas recordações que me ligam à Ferrari e que trouxe comigo nos últimos anos. A primeira é a do título mundial de 2007", disse Kimi. Domenicali citou Massa: "Eu quero agradecer ao Felipe, com todo o coração, em nome de nossos fãs ao redor do mundo, pelo extraordinário trabalho que ele tem feito para a equipe em todos estes anos. Felipe sempre se comportou como um homem de time, vivemos juntos momentos dramáticos e bonitos, que criaram uma relação humana e profissional verdadeiramente única: ele sempre será parte da nossa família e desejo que seu futuro seja especial. Agora temos que manter o foco com toda a nossa força nas últimas sete corridas deste campeonato. Sabemos que podemos contar, como sempre, com sua contribuição em conjunto para alcançar nossos objetivos: nós não vamos ceder um centímetro." O piloto de 33 anos Kimi Räikkönen, campeão do mundo em 2007 com a Ferrari, chegou a deixar a Fórmula 1 e passou 2010 e 2011 afastado da categoria de monopostos, correndo em provas de turismo. A volta foi em 2012, com duas temporadas correndo pela Lotus. Na melhor delas, foi terceiro colocado em 2012.

O "Homem de Gelo" Kimi Räikkönen será o substituto de Felipe Massa na Ferrari, confirmando as expectativas geradas nos últimos dias e principalmente na terça-feira, quando o brasileiro anunciou sua despedida da escuderia. O finlandês, que foi campeão mundial pela equipe italiana, deixa a Lotus e retorna após quatro anos para ser o parceiro de Fernando Alonso no Mundial de 2014.

O anúncio foi feito no site oficial da Ferrari e foi acompanhado de palavras do chefe da equipe Stefano Domenicali, que agradeceu pela parceria de oito temporadas com Felipe Massa – na melhor delas, o brasileiro foi vice-campeão em 2008. O brasileiro segue correndo no time até o final do ano.

"Estou muito contente de receber de volta Kimi na Ferrari, equipe na qual ele foi coroado campeão do mundo. Eu me senti muito feliz em vê-lo voltar a Maranello e o vejo muito determinado para enfrentar da melhor maneira o trabalho que o espera", disse Stefano Domenicali.

"Estou verdadeiramente contente de voltar a Maranello, depois de ter passado três anos fantásticos e ricos em vitórias. Tenho muitas recordações que me ligam à Ferrari e que trouxe comigo nos últimos anos. A primeira é a do título mundial de 2007", disse Kimi.

Domenicali citou Massa: "Eu quero agradecer ao Felipe, com todo o coração, em nome de nossos fãs ao redor do mundo, pelo extraordinário trabalho que ele tem feito para a equipe em todos estes anos. Felipe sempre se comportou como um homem de time, vivemos juntos momentos dramáticos e bonitos, que criaram uma relação humana e profissional verdadeiramente única: ele sempre será parte da nossa família e desejo que seu futuro seja especial. Agora temos que manter o foco com toda a nossa força nas últimas sete corridas deste campeonato. Sabemos que podemos contar, como sempre, com sua contribuição em conjunto para alcançar nossos objetivos: nós não vamos ceder um centímetro."

O piloto de 33 anos Kimi Räikkönen, campeão do mundo em 2007 com a Ferrari, chegou a deixar a Fórmula 1 e passou 2010 e 2011 afastado da categoria de monopostos, correndo em provas de turismo. A volta foi em 2012, com duas temporadas correndo pela Lotus. Na melhor delas, foi terceiro colocado em 2012.

Kimi chegou a ser ligado fortemente à Red Bull, devido à saída de Mark Webber da Fórmula 1. Mas, com o anúncio de Daniel Ricciardo para a vaga, sua volta à Ferrari ficou iminente, devido às inovações que os italianos prometem para 2014 – o que a Lotus não pode lhe garantir.

Agora, o finlandês pode fazer frente a Fernando Alonso, que teve o papel não oficial de primeiro piloto durante sua época de companheiro de Felipe Massa. Apesar da rivalidade que será criada, a imprensa europeia afirma que a Ferrari teve o "ok" do espanhol para o seu retorno.

UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.