sexta-feira , dezembro 9 2016
Home / Educação / Servidores da UFRN e Ufersa aderem à paralisação nacional

Servidores da UFRN e Ufersa aderem à paralisação nacional

Decisão foi tomada em assembleia realizada na manhã desta segunda.
Paralisação começou nesta segunda e segue até o dia 30 de agosto.

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte(UFRN) e da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) aderiram à paralisação nacional que começou nesta segunda-feira (26) e segue até o próximo dia 30. A decisão foi tomada em assembleia realizada nesta segunda.

De acordo com o coordenador do Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior (Sintest), José Rebouças da Costa, dentre as reivindicações dos técnico-administrativos estão a antecipação das parcelas do acordo de greve do ano passado; 10% do PIB para a educação; 10% do PIB para a saúde pública; e a anulação da reforma da previdência.

Ainda segundo o coordenador do Sintest, algumas aulas poderão ser prejudicadas. "Nossa paralisação não envolve os docentes, mas as aulas em laboratórios, por exemplo, que têm material de apoio preparado por técnico-administrativos serão prejudicadas", disse José Rebouças.

As duas universidades contam com 5 mil servidores técnico-administrativos ativos e aposentados.

Do G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.