domingo , dezembro 4 2016
Home / Política / Prefeito corta 10% do próprio salário para reduzir gastos em cidade do PR

Prefeito corta 10% do próprio salário para reduzir gastos em cidade do PR

Medida começa a valer a partir do próximo pagamento, que é em setembro.
Prefeito também cortou os salários de parte de servidores.

Prefeito corta 10% do próprio salário para reduzir gastos em cidade do PR

O prefeito de São Pedro do Iguaçu, no oeste do Paraná, Natal Nunes Maciel, reduziu o próprio salário e de parte dos funcionários para poder diminuir os gastos com a folha de pagamento da prefeitura. Com um salário de R$ 7.470, agora o chefe do Executivo vai passar a ganhar R$ 6.723, uma redução de R$ 747. As horas extras dos servidores também foram proibidas.

Por meio de um decreto, Maciel reduziu em 10% os salários de 30 funcionários. Na lista, estão secretários, diretores, assessoria jurídica, do vice-prefeito e do prefeito. “É para o bem do município e de todos nós, e temporário também. É uma ação que a gente está fazendo agora para que as coisas voltem ao normal e a tranquilidade do município”, explicou o chefe de gabinete Amauri Antônio Vaz.

De acordo com o prefeito, o município estava gastando muito com a folha de pagamento. No mês de julho, por exemplo, a prefeitura de São Pedro do Iguaçu arrecadou R$ 986 mil e gastou R$ 519 mil só com os salários dos funcionários. “Nós pedimos para que se fizesse um levantamento do mês de julho. Nós comprometemos a folha de pagamento com a receita em torno de 52%, quase 53% da arrecadação com relação só ao mês de julho. Por isso que nós tomamos essa decisão. Espero que agora no mês de setembro, outubro, novembro e dezembro a receita volte ao normal e que a gente possa ter uma maior tranquilidade para fechar o ano”, afirmou o prefeito.

A medida, segundo Natal, começa a valer a partir do próximo pagamento, que será feito no começo de setembro, e a decisão deve gerar uma economia de quase R$ 20 mil para o Executivo.

Do G1 PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.