domingo , dezembro 4 2016
Home / Nacional / Carlos Costa afirma que TelexFREE é capaz de gerar lucro; Milhares de divulgadores aguardam um decisão favorável

Carlos Costa afirma que TelexFREE é capaz de gerar lucro; Milhares de divulgadores aguardam um decisão favorável

Em vídeo no Youtube, Carlos Costa realiza simulação que comprovaria que modelo da empresa pode render até 40 mil reais por mês para divulgadores.

Carlos Costa, diretor de marketing e sócio da Telex FREE

Segundo Costa, Telex FREE vai pedir à Justiça autorização para receber novos divulgadores

São Paulo – Carlos Costa, diretor de marketing e sócio da TelexFREE, divulgou, ontem, no Youtube, um vídeo no qual apresenta uma simulação com os ganhos reais que um divulgador iniciante da empresa pode ter em um mês de trabalho e a renda, segundo o empresário, pode chegar a 40.000 reais.

Como se sabe, os divulgadores são anunciantes da TelexFREE e são remunerados a partir da venda de pacotes de chamadas telefônicas gratuitas via internet (Voip). Para cada kit vendido, receberia uma comissão de 2% – equivalente a 49,90 dólares.

Na simulação, Costa apresenta os rendimentos de uma pessoa que comanda uma rede formada por 3905 divulgadores. Considerando que cada um deles revende cinco pacotes de chamadas adquiridos com o líder do grupo, o sócio da empresa afirma que um divulgador inicial faturaria aproximadamente 19.000 dólares (cerca de 40.000 reais).

"Quem é que não conhece matemática? É uma ciência exata!", afirma Costa. Segundo ele, o cálculo apresentado vai ser enviado na forma de uma petição à Justiça do Acre. Junto do documento, a TelexFREE pretende pedir autorização para receber novos divulgadores gratuitamente por 90 dias – em mais um esforço por provar que não depende da mensalidade paga por eles para se sustentar.

A firma é acusada de formação de pirâmide – esquema no qual o produto ou serviço oferecido por uma empresa não é sua principal fonte de renda, mas sim o dinheiro cedido por seus apoiadores. Na visão dos divulgadores, isso seria mentira e a TelexFREE estaria sendo alvo de perseguição por parte das grandes companhias de telefonia.

Assista aqui ao último Plantão TelexFREE, com as declarações de Carlos Costa

Revista Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.