domingo , dezembro 4 2016
Home / Polícia / Técnico em telefonia é assassinado no Vale Dourado

Técnico em telefonia é assassinado no Vale Dourado

O técnico em telefonia José Roberto Ferreira da Silva, de 25 anos, foi assassinado, neste domingo (14), e a família afirma que o jovem foi vítima de um engano. Ele estava sentando na frente de casa, juntamente com a esposa, quando um casal suspeito chegou em um carro e o homem atirou contra José Roberto.

O crime aconteceu na rua São Jorge, no Vale Dourado, na zona Norte de Natal. José Roberto tinha acabado de chegar de São Gonçalo do Amarante, após participar de um aniversário, e estava na calçada com a esposa. De acordo com testemunhas, um casal chegou em um veículo Pálio, de cor cinza e placas não identificadas.

A mulher, que teria cabelos loiros, era quem dirigia o carro. Já o homem estava como passageiro. Foi ele quem desceu do veículo e foi até José Roberto. Ao se aproximar da vítima, o assassino perguntou se ele era “Carlos Pintor”. Mesmo diante da negativa de José Roberto, o bandido atirou quatro vezes.

A vítima chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Santa Catarina, mas não resistiu e morreu a caminho da unidade. Uma mulher, identificada como Lindinês Andrade, estava próximo ao local do atentado e chegou a sofrer tiro de raspão na perna. Ela, porém, passa bem.

A morte de José Roberto Ferreira causou revolta nos moradores próximos a ele, pois a maioria afirmou que ele era trabalhador e não tinha envolvimento com crimes. José Bonifácio, sogro da vítima, acredita que José Roberto foi morto por engano. Ele chegou a dizer, inclusive, que os matadores profissionais deveriam andar com fotos das vítimas, para evitarem matar as pessoas erradas.

Portal BO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.