segunda-feira , dezembro 5 2016
Home / Futebol / América-RN consegue brilhante vitória diante do Bragantino em SP

América-RN consegue brilhante vitória diante do Bragantino em SP

No retorno da Série B, América espanta resultados ruins e vence o Bragantino

Time de Natal derrotou paulistas com gol solitário de Vinícius Pacheco

América derrotou o Bragantino pelo placar de 1 a 0
A volta da Série B do Campeonato Brasileiro foi a melhor possível para o América. Jogando em Bragança Paulista, o Alvirrubro não tomou conhecimento do Bragantino, derrotando os donos da casa por 1 a 0. O gol da noite desta terça coube ao meia Vinicíus Pacheco, que foi o melhor jogador em campo no confronto.

Depois de três semanas sem jogos oficiais, o Alvirrubro voltou a disputar a Segunda Divisão com um claro objetivo: sair da incômoda zona de rebaixamento. Com apenas três pontos, o time de Natal lutou para deixar a 19ª posição da tabela. Pelo lado adversário a situação estava totalmente oposta: com 10 pontos, o Braga queria encostar ainda mais nos líderes para conseguir uma vaga no G-4.
O Mecão entrou em campo no interior paulista com uma série de desfalques, essênciais para o esquema montado e treinado pelo técnico Roberto Fernandes durante a pausa da Segundona: o meia Cascata, o lateral-esquerdo Renatinho Potiguar e o atacante Júnior Negão não puderam entrar em campo nesta terça.
Sem Elias, Wagner Benazzi perdeu, minutos antes do jogo, a presença do zagueiro Raphael Andrade, que foi liberado do confronto por questões pessoais.
Vinícius Pacheco coloca visitantes na frente
Mesmo atuando fora de seus domínios, o América tentou, desde os primeiros minutos, criar oportunidades de gols. Apesar disto, quem tomou as iniciativas em campo foi o Bragantino, pressionando a saída de bola do rival e imprimindo uma forte marcação no meio.
A supremacia do time preto e branco ficou demonstrada com mais força aos 14 e 15 minutos, quando Bruninho e Lincom desperdiçaram aqueles que seriam os primeiros gols da noite. Sem demonstrar fraqueza, a equipe potiguar passou a equilibrar mais o confronto depois dos 25 da primeira etapa. Aos 28, Alex obrigou o goleiro do clube paulista a fazer grande defesa.
Não tardou, contudo, o gol do América: aos 35, Vinícius Pacheco fez grande jogada, deixou a zaga para trás e, sem piedade, mandou uma bomba, inagurando o placar. No fim do primeiro tempo o Bragantino ainda esboçou uma reação, tentando igualar aos 42 e aos 44, parando, contudo, na boa atuação de Andrey.
Sem maiores emoções, jogo termina em 1 a 0
O segundo tempo começou com o América quase aumentando sua vantagem. Aos cinco minutos, novamente em boa jogada de Vinícius Pacheco, o Mecão só não ampliou porque a zaga do Bragantino estava bem atenta e cortou o cruzamento do meia para escanteio.
Os 20 minutos iniciais da etapa complementar foram que como uma repetição do que ocorreu no tempo anterior. Imprimindo forte marcação e criando lances pelas laterais, o Bragantino assustava seguidas vezes, como aconteceu aos 11 e aos 16, em bons cruzamentos da linha de fundo.
Com o passar do tempo os dois times diminuíram o ritmo de suas ações. Confortado com o 1 a 0, o América se propôs a explorar os contra-ataques e se postar mais defensivamente, enquanto o Bragantino tentava, sem sucesso, não sair de casa com prejuízo.
A vitória ainda não foi suficiente para tirar o time de Natal da zona de rebaixamento, mas ao menos serviu de ânimo para a equipe, que agora soma seis pontos e ocupa a 18 colocação na tabela. O Bragantino, que poderia chegar ao G-4, ficou estacionado na sétima posição, podendo perder ainda mais colocações. O próximo confronto dos paulistas acontece contra o América-MG, em Minas. Já o Dragão recebe em casa o Sport.
Ficha Técnica
Bragantino 0x1 América
Campeonato Brasileiro Série B
Sétima Rodada
Estádio: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista/SP
Hora: 21h00
Data: 02/07
Árbitro: Célio Amorim, auxiliado por Neuza Inês Back e Hélton Nunes

Bragantino: Rafael Defendi, Diego Macedo, Kadu, Álvaro (Dudu) e André Vinícius; Carlinhos, Magno (Deyvid Sacconi), Preto e Bruninho (Tiaguinho); Lincom e Léo Jaime. Técnico: Vágner Benazzi
América: Andrey, Chiquinho, Cléber, Edson Rocha e Rai (Norberto); Márcio Passos, Mazinho, Daniel Amora e Vinícius Pacheco; Alex (Zé Antônio) e Tiago Adan (Edvânio). Técnico: Roberto Fernandes
Do Esporte Interativo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.