domingo , dezembro 4 2016
Home / Futebol / Maracanã é aprovado, mas faltam ajustes

Maracanã é aprovado, mas faltam ajustes

RIO DE JANEIRO, 2 Jun (Reuters) – O amistoso Brasil e Inglaterra, que marcou a reabertura do Maracanã neste domingo a menos de duas semanas da Copa das Confederações, foi considerado pelo Comitê Organizado Local (COL) o melhor evento-teste para o torneio, apesar de incidente com as catracas.

O Maracanã, que vai ser palco da final da competição, sofreu com o atraso nas obras de modernização ao custo de cerca de 1,2 bilhão de reais. O jogo deste domingo foi o único evento-teste completo, com público de 66 mil torcedores.

"Sem dúvida foi o melhor teste entre todos os estádios. Tudo funcionou bem, mas existem algumas coisas que podem funcionar ainda melhor, como a questão das catracas", disse a jornalistas o CEO do Comitê Organizador Local da Copa de 2014 (COL), Ricardo Trade.

Algumas catracas, testadas pela primeira vez, não funcionaram, mas não chegou a haver tumulto na hora da entrada dos torcedores. Em um setor da arquibancada, os lavatórios de um banheiro estavam sem água.

"Os ajustes que têm que ser feitos são em algumas catracas que não funcionaram, e houve problemas também na leitura óptica de alguns ingressos", disse à Reuters o vice-governador Luiz Fernando Pezão. "Só faltou a vitória do Brasil para coroar a grande festa." O jogo terminou empatado em 2 x 2.

O Maracanã deveria ter sido concluído em dezembro de 2012, mas os atrasos adiaram a entrega para abril, quando o estádio foi inaugurado com um público de um terço da capacidade de quase 79 mil torcedores, e sem testar diversas áreas.

Antes do jogo deste domingo, o local ainda foi alvo de uma liminar na sexta-feira que ameaçou suspender a partida por questões de segurança. A decisão judicial, no entanto, foi revertida com a cassação da liminar horas depois pelo Tribunal de Justiça, após serem apresentados os laudos com garantias de segurança requeridas.

Mesmo no jogo deste domingo, partes do entorno do estádio ainda estavam em obras e no interior faltava acabamento em alguns lugares.

O técnico Luiz Felipe Scolari elogiou as áreas que dizem respeito aos jogadores e comissão-técnica, mas não quis comentar sobre as obras no entorno do estádio, por não ter "nem visto".

"Na nossa área, campo, vestiário, tudo mais, está espetacular, muito bom mesmo", disse o técnico.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.