domingo , dezembro 4 2016
Home / Política / A Justiça Estadual proibiu o recolhimento dos ônibus das ruas de Natal antes do protesto na tarde do dia 20 de junho

A Justiça Estadual proibiu o recolhimento dos ônibus das ruas de Natal antes do protesto na tarde do dia 20 de junho

Estudantes do Padre Miguelinho se uniram ao protesto #RevoltadoBusao na manhã desta segunda em Natal (Foto: Igor Jácome/G1)Recolhimento dos ônibus foi proibido pela Justiça
(Foto: Igor Jácome/G1)
A Justiça Estadual proibiu o recolhimento dos ônibus das ruas de Natal antes do protesto previsto para esta quinta-feira e estabeleceu uma multa de R$ 100 mil para o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Seturn) e o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro) em caso de descumprimento. A decisão é do juiz Ricardo Tinoco de Góes em face de uma ação impetrada pelo Diretório Central dos Estudantes da UFRN.
O diretor de comunicação do Seturn, Norberto Faria, informou ao G1 que em momento algum as empresas decidiram parar a frota. “A orientação é manter os ônibus nas ruas e fazer o desvio de rota de acordo com a Secretaria de Mobilidade”, disse.
Na manhã desta quinta-feira (20), os motoristas de ônibus de Natal foram orientados pelo Sindicato dos Profissionais de Transporte do Rio Grande do Norte (Sintro) a recolher os veículos às 15h desta quinta-feira (20) – duas horas antes do início previsto de mais um ato da #RevoltadoBusão.
Fonte G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.