quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Futebol / Romário suspeita de ausência de casos de doping no Paulistão: “estranho e perigoso”

Romário suspeita de ausência de casos de doping no Paulistão: “estranho e perigoso”

O deputado Romário usou a sua página pessoal no Facebook para protestar

O deputado Romário usou a sua página pessoal no Facebook para protestar

O deputado Romário usou a sua página pessoal no Facebook para acusar a Federação Paulista de Futebol (FPF) de realizar exame antidoping em laboratório que não é credenciado pela Wada (Agência Mundial Antidoping). O ex-jogador disse achar estranho que nenhum jogador tenha sido pego dopado durante a disputa da competição neste ano.

“Obtive a informação de que a CBF está validando exames de controle antidoping em laboratório que não é credenciado pela Agência Mundial Antidoping, a conhecida WADA, em inglês. Na América do Sul, apenas um laboratório é credenciado pela WADA, o Ladetc, da Universidade Federal do Rio de Janeiro”, escreveu Romário, que foi além.

“Agora, de forma inerte, a CBF está aceitando que a Federação Paulista de Futebol realize os exames dos jogadores que disputam o Campeonato Paulista no Laboratório da Universidade de São Paulo. Esse desrespeito nos leva a suspeitar dos resultados apurados naquele laboratório, que podem contribuir para esconder resultados positivos que, assim, não seriam do conhecimento da Fifa e da própria Wada e, se descobertos, poderiam ser desconsiderados, justamente por não serem de um laboratório credenciado”.

Romário comemora gol no jogo final, em que a seleção brasileira ganha a medalha de prata nas Olimpíadas de 1988 Arquivo/Folha Imagem

Romário associou a prática da Federação Paulista, que é autorizada pela CBF, a ausência de casos de doping no Paulistão, e protestou contra o fato.

“Não seria por esse motivo que não temos observado notícias sobre casos de doping registrados no Campeonato Paulista? Não é estranho? Eu acho, muito estranho e perigoso”.

Procurada pelo UOL Esporte até a publicação desta reportagem, a assessora do presidente da Federação Paulista, Marco Polo del Nero, não atendeu às ligações.

UOL Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.