sábado , dezembro 10 2016
Home / Futebol / Mossoró em Festa: Potiguar vence América nos pênaltis e sagra-se campeão estadual de 2013

Mossoró em Festa: Potiguar vence América nos pênaltis e sagra-se campeão estadual de 2013

O Potiguar de Mossoró é o campeão norte-rio-grandense de 2013. Jogando fora de casa, no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim, o “Time Macho” venceu o América-RN por 5 a 4, nos pênaltis, e conquistou o segundo título estadual de sua história. No tempo normal, a partida terminou empatada em 1 a 1.

O jogo

A partida começou eletrizante, como em toda grande decisão. Empurrado pelo seu torcedor, que compareceu em bom número ao Barretão, o América-RN tomou a iniciativa do jogo e chegou com perigo aos cinco minutos do primeiro tempo: Renatinho Potiguar fez grande jogada pela esquerda e cruzou para Tiago Adan, que não alcançou a bola. No minuto seguinte foi a vez do Potiguar quase inaugurar o marcador. O volante Daniel arriscou de longe e forçou grande defesa do goleiro Dida.

A equipe mossoroense deu mais um susto no América, aos 17 minutos, quando Kattê apareceu livre na grande área. Dida saiu nos pés do atacante e evitou o gol do Potiguar. O primeiro gol do jogo só saiu aos 37 minutos da primeira etapa, quando Índio Oliveira recebeu bom lançamento, se livrou do zagueiro Anselmo e bateu cruzado na saída do goleiro Santos para colocar o time da capital em vantagem.

Confusão e frango

Os técnicos Celso Teixeira, do Potiguar, e Roberto Fernandes, do América, se desentenderam durante o intervalo de jogo e quase partiram para as vias de fato. Seguranças dos dois clubes separaram os treinadores e evitaram uma confusão maior. Com a bola rolando, equilíbrio entre as duas equipes. O América quase ampliou aos sete minutos, com Tiago Adan, e o Potiguar esteve muito perto do gol de empate quando Vaninho finalizou e Dida salvou, aos 22 minutos.

O gol de empate do Potiguar de Mossoró só saiu aos 30 minutos da etapa final. O lateral-direito Chiquinho cobrou falta de muito longe e o goleirão Dida levou um frango clássico, entre as pernas. A partir daí os mossoroenses se mandaram para o ataque, mas não conseguiram a virada. O América ainda chegou ao ataque algumas vezes, mas também não conseguiu o gol que lhe daria o bicampeonato estadual.

Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.