sábado , dezembro 10 2016
Home / Futebol / Clássico argentino entre Boca x River foi marcado por confusões na Bombonera

Clássico argentino entre Boca x River foi marcado por confusões na Bombonera

O empate por 1 a 1 entre Boca Juniors e River Plate, pelo Campeonato Argentino, deste domingo ficou marcado pelo clima tenso que tomou conta da Bombonera. Em diversas oportunidades, torcedores de ambas as equipes deram um jeito de “roubar a cena” com atitudes violentas, principalmente os fãs dos donos da casa.
Um dos principais problemas envolveu o treinador do River, Ramon Diaz. Já no segundo tempo da partida, o técnico foi expulso por insultar o árbitro do jogo. Enquanto deixava o comandante adversário deixava o campo, a torcida do Boca começou a jogar diversos objetos em direção a Diaz, que só conseguiu seguir para o vestiário com forte escolta policial.
Durante a atitude da torcida local, o goleiro do River, Marcelo Barovero foi atingido por um objeto e a partida levou certo tempo para recomeçar.


Boca x River tem técnico escoltado na Bombonera
Polícia escolta Ramon Diaz, técnico do River, durante jogo contra o Boca Juniors REUTERS/Marcos Brindicci
Dentro de campo, as equipes demonstraram muita disposição e fizeram um clássico equilibrado. O River abriu o placar logo aos 45 segundos de jogo. O ex-jogador do Fluminense Lanzini aproveitou a jogada de Carlos Sanchez e colocou os visitantes em vantagem.
O empate do Boca veio aos 39 da primeira etapa. Reserva na partida contra o Corinthians, o centroavante Santiago Silva evitou a derrota dos donos da casa.
Vale destacar que agora o Boca Juniors está sem vencer no Campeonato Argentino há 11 jogos, maior jejum de sua história.

UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.