sábado , dezembro 3 2016
Home / Poemas e poesias / Soneto Fim de Tarde pra começar a semana

Soneto Fim de Tarde pra começar a semana

Uma tarde amarela de lembrança
E o vento meu cabelo açoitando
Uma nuvem que agora tá chorando
Me lavando por dentro a esperança

Uma gota que cai de confiança
E a planta que agora está molhando
Fim de tarde com chuva eu vou lembrando
Quando outrora também já fui criança

Eu cresci adorando a natureza
Infinito lhe cobre de beleza
E que faz um pomar de margaridas

Se sou flor eu não sei, mas to murchando
Beija-flor que não quer tá me beijando
Pois estou no pomar das esquecidas.

Dayane Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.