quinta-feira , dezembro 8 2016
Home / Política / Prefeito de cidade piauiense transforma prefeitura em “abrigo familiar” e emprega seus parentes

Prefeito de cidade piauiense transforma prefeitura em “abrigo familiar” e emprega seus parentes

                                  Bernildo Val(Imagem:Jornal esp)

É quase certo que a expressão "Mateus primeiro os teus" não vem dos tempos bíblicos e sim do imaginário popular no inicio do século XX. Origem da expressão à parte, a verdade é que no Piauí, precisamente em Buriti dos Lopes, vizinho a Parnaíba, tem um político que a segue literalmente: Bernildo Val, prefeito do município que em pouco mais de três meses já deu inequívoca demonstração de que se preocupa, ama e quer muito bem à própria família.
Em Buriti dos Lopes, parada quase obrigatória de quem sai de Teresina para o litoral, é quase impossível nos dias de hoje, encontrar um único cargo na administração municipal e no legislativo que não seja ocupado por um membro da família Val ou por pessoa de um clã coligado.
Poucos ainda duvidam de que haja precedentes no Brasil, principalmente agora, depois que viram o mapa da família e suas coligadas estampado através das dezenas de portarias assinadas pelo Sr. Bernildo Val, que, guardadas as devidas proporções, é um fortíssimo candidato a entrar para o livro dos recordes como o maior patrocinador de nepotismo da face da terra.
O nepotismo
É bom que se diga que o que se relata a seguir não é uma piada, mas um retrato de como podem se tornar ridículas pessoas cuja visão feudal ainda prevalece nas suas mentes levando-as a decisões e comportamentos bizarros dignos de estudos aprofundados.
Sugerindo com seus atos que acha absolutamente normal uma prefeitura se tornar abrigo e fonte de renda familiar, Bernildo nomeou Roberta Val, sua irmã, como secretária de Governo; seu irmão de criação, J.Pereira, como chefe de gabinete; Nilma Val, irmã, como secretária de Educação; sua prima, Irecê Duarte, secretária de finanças; Alcione Castelo Branco, tia do vice-prefeito, Bruno Piecas, como secretária de Saúde; sua esposa, Emília Val, como secretária de Assitência Social; e Eliana Val, sua madrasta, como controladora do município.
Bernildo também avançou sobre o legislativo onde fez do afilhado de batismo, Roberto da Coroa, presidente da Câmara; Eveline Val, cunhada do prefeito, é vereadora; Elcira Castelo Branco, mãe do vice-prefeito, também é vereadora; e Odemil Val, primo do prefeito, é vereador.
Para fechar "com chave de ouro", como diriam antigos apresentadores de programas radiofônicos de auditório, também nomeou um assessor de comunicação com status de secretário e não fugiu à regra: contemplou o Sr. Franklin Cardoso, que por coincidência, só pode ser, é casado com uma tia do vice-prefeito.
Protetor e guardião, Bernildo deve ter se convencido de que "por trás de um grande patrocinador de nepotismo sempre vem uma grande família".
Além disso, revela para o Brasil que na terra que ele imagina ser senhor, não há vagas para Silvas nem para Josés, mesmo que estes sejam os donos da força de trabalho e dos votos.

Do GP1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.