segunda-feira , dezembro 5 2016
Home / Nacional / Ministro Mercadante segue internado em hospital de Brasília, mas passa bem

Ministro Mercadante segue internado em hospital de Brasília, mas passa bem

Segundo assessoria do ministério da Educação, ministro está melhor.
Inflamação será tratada com dieta e antibiótico. Não há previsão de alta.

 O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em audiência pública na Comissão de Educação da Câmara (Foto: Antonio Cruz/ABr)O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em
audiência pública na Comissão de Educação
da Câmara (Foto: Antonio Cruz/ABr)

O ministro da Educação, Aloizio Mercandante, segue internado no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, neste sábado.

Mercadante está internado desde a tarde de quinta-feira (18), quando, segundo a assessoria de imprensa do ministério, estava trabalhando e passou mal. Segundo a assessoria, ele sentiu dores no corpo e decidiu procurar o atendimento de emergência. Foi diagnosticada inflamação discreta na região do abdômen.

Ainda de acordo com a assessoria do ministério, Mercadante está melhor neste sábado do que na sexta, mas não há previsão de alta.

O médico Túlio Fonseca Chebli, diretor do Hospital das Forças Armadas, de Brasília, divulgou na tarde de sexta-feira boletim médico, sobre o estado de saúde do ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Diz o boletim:

“O Exmº Sr Ministro de Estado da Educação, Aloizio Mercadante Oliva, foi atendido pelo serviço médico do Hospital das Forças Armadas, na tarde de ontem [18], apresentando quadro de dor moderada na região esquerda do abdômen.

Foi diagnosticado um processo inflamatório discreto, compatível com apendagite epiplóica, cujo tratamento é clínico, consistindo de dieta alimentar, antibiocoticoterapia e repouso.

O estado geral do Ministro é muito bom, e sua evolução clínica, de ontem para hoje, foi excelente, com expressiva redução da dor e melhora dos parâmetros laboratoriais.”

Iniciada no último dia 15 em todo o país a campanha nacional de vacinação contra a gripe, que deverá imunizar gestantes, indígenas, presidiários, profissionais de saúde, idosos com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a dois anos, doentes crônicos e mulheres no período de até 45 dias após o parto. Neste sábado, 20, em todo o país, acontece o dia “D” da campanha, uma forma de alertar o público-alvo para a importância da vacina. O Prefeito Vilton Cunha, que tem 61 anos, se vacinou contra a gripe na manhã de hoje, na Policlínica “Monsenhor Ausônio Araújo”. “A vacinação é importante para prevenir contra os diversos tipos de gripe, e a nossa expectativa é atingir 80% do público-alvo aqui em Currais Novos”, disse o Prefeito. A Secretária de Saúde, Tércia Lêda, também foi imunizada, assim como diversos idosos e crianças que procuraram o serviço na Policlínica (antigo Pronto Atendimento da Unimed). Quase 7 mil pessoas devem ser vacinadas em Currais Novos até o dia 26 de abril.

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Você não tem permissão para usar essa função.